São Caetano ainda procura um novo treinador

O primeiro nome tentado pela diretoria foi de Roberto Fernandes, mas ele não quis sair do Náutico

Agência Estado

18 de fevereiro de 2008 | 19h20

Depois de demitir Amauri Knevitz no começo da semana passada, a diretoria do São Caetano ainda procura um novo treinador. O primeiro nome tentado foi de Roberto Fernandes, mas ele não quis sair do Náutico. Agora, o clube trabalha para conseguir um substituto até quarta-feira. "Com a negativa do Roberto Fernandes, do Náutico, temos que contratar urgentemente um técnico. Tenho uma reunião com a diretoria e vamos buscar um nome de consenso", avisou o presidente do São Caetano, Nairo Ferreira. Enquanto isso, o time do São Caetano continua sob o comando do técnico interino Ivan Baitello, que venceu os dois jogos que fez até agora: sobre o Maranhão, na Copa do Brasil, e sobre o Rio Claro, no Paulistão. Seu próximo desafio será na quarta-feira, contra o Guaratinguetá, novamente no campeonato estadual.

Tudo o que sabemos sobre:
São Caetanotécnico

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.