São Caetano aposta na força do elenco

Apostando na força de seu elenco, o técnico Muricy Ramalho reafirmou nesta terça-feira a sua disposição de escalar força máxima nos quatros jogos decisivos que terá no período de 10 dias. Serão duas partidas que valem vaga na segunda fase da Copa Libertadores da América e os dois confrontos finais do Campeonato Paulista.A receita para suportar a carga física e, principalmente, psicológica é menos treino e mais concentração. Os jogadores treinaram fisicamente na manhã desta terça-feira e ganharam folga à tarde. Os jogadores relacionados para o jogo de quinta, contra o Peñarol, no Anacleto Campanella, só se reapresentam na tarde de quarta, quando fazem um treinamento tático.A comissão técnica já orientou os jogadores a pensaram num desafio por vez. Assim, a idéia é se concentrar no Peñarol, para só depois de quinta-feira começar a pensar no Paulista, adversário de domingo, na final do Paulistão."Estou muito a vontade, porque sei que quem entrar vai dar conta do recado", disse Muricy. Ele não quis antecipar o time, mas confirmou que vai manter a mesma base dos últimos jogos e provavelmente o esquema 4-4-2. "Todos jogadores estão num ritmo muito igual, muito homogêneo. Se alguém for suspenso será substituído com naturalidade por outro. Caso se machuque, usaremos o mesmo critério. Volto a dizer que confio muito no elenco, onde temos excelentes opções, tanto individualmente como taticamente", voltou a afirmar Muricy.A principal novidade será o retorno do meia Gilberto, que não enfrentou o Santos no último jogo porque estava suspenso. Ele deve entrar no lugar de Triguinho. O resto do time será o mesmo que ganhou por 4 a 0 no sábado passado.Assim, contra o Peñarol, o São Caetano terá todos os jogadores à disposição. Mas na partida com o Paulista um desfalque já é certo. O lateral-direito Anderson Lima recebeu o terceiro cartão amarelo e cumprirá suspensão automática.Calendário - As finais do Paulistão irão acontecer nos dias 11 e 18 de abril, ambas no Pacaembu. No meio disso, há os confrontos pela Libertadores. Nesta quinta-feira, o jogo é em casa, com o Peñarol. E no dia 15, o São Caetano vai até a Bolívia para enfrentar o The Strongest.Esses três times dividem a segunda posição do grupo 1 da Libertadores, com quatro pontos cada. O líder é o América do México, que tem 10. Um empate, em dois jogos que tem a fazer, já deixa os mexicanos garantidos com a primeira vaga. O segundo lugar ainda mantém o São Caetano na briga pelo título. Afinal, os cinco melhores segundos colocados vão se classificar direto para a segunda fase, enquanto quatro deles vão disputar duas vagas numa repescagem. Mas, para isso, é preciso vencer o Peñarol e o The Strongest.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.