São Caetano aposta no jogo aéreo

Ainda em busca de um futebol convincente, o São Caetano tem uma verdadeira prova de fogo neste sábado, às 18h10, no Mineirão. O Azulão enfrenta o Atlético-MG, que não passa por um bom momento no Campeonato Brasileiro. A partida pode ser considerada de "duelo de opostos", pois o time do ABC ocupa a décima colocação com 11 pontos ganhos, enquanto os mineiros estão com a corda no pescoço na 20.ª posição com apenas cinco pontos. O técnico Estevam Soares vai armar um esquema bem cauteloso. Ele tirou o meia Anaílson e promoveu a volta do zagueiro Douglas, após cumprir suspensão, ao time titular. Assim, o Azulão volta a jogar com três zagueiros - Neto, Thiago e Douglas - e ainda tem a proteção de outros três volantes: Pingo, Claudecir e Zé Luiz. Para Estevam Soares, o esquema é uma forma de conter o forte ataque do adversário: "Eles têm vários jogadores de qualidade na frente, como Marques, Fábio Júnior, Luís Mário e outros. Precisamos ter cautela na marcação para podermos frear o ímpeto ofensivo que é inerente a esses atletas", justificou. Por outro lado, ele espera vencer o jogo nos contra-ataques e no jogo aéreo. "Com a volta de Douglas (que mede 1,97m) nós ganhamos muito no jogo aéreo. E se você for analisar bem, nós temos Neto, Claudecir, Márcio Mixirica, Thiago, Zé Luiz e Dimba. Todos especialistas em cabeceio". No último treino, o técnico ensaiou jogadas de bola parada. A diferença é que tudo aconteceu de portões fechados, sem a presença de nenhum suposto espião. "Não fiz um treino secreto. Foi só uma atividade reservada para acertamos bem nosso posicionamento em bolas paradas", argumentou o técnico. Apesar de poucos anos de história do confronto, o duelo é equilibrado. Em sete jogos, foram três vitórias para cada lado e apenas um empate. Destes confrontos, um é histórico. Em 2001, numa verdadeira partida de poló-aquático, o São Caetano conquistou a vaga na final do Brasileirão derrotando justamente o time mineiro, por 2 a 1, no Estádio Anacleto Campanella.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.