São Caetano bate o Corinthians em jogo com três expulsos

O São Caetano recuperou nesta quarta-feira a fama de algoz do Corinthians ao vencer por 1 a 0 a partida no Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP), nesta quarta-feira à noite. A derrota ficou marcada ainda pela expulsão de três jogadores corintianos (Betão, Marcelo Mattos e Roger), o que gerou muitos protestos. Com um retrospecto de onze vitórias contra o time alvinegro na história do confronto, em 19 jogos (com três empates e cinco vitórias do time paulistano), o time do ABC chega à vice-liderança do Campeonato Paulista, com 12 pontos. O Corinthians, por outro lado, fica em posições intermediárias, com nove pontos e acumula duas derrotas seguidas. A vitória do São Caetano foi definida com um gol de Somália aos 18 minutos do segundo tempo. Glaydson lançou, do meio-campo, para Somália (na linha da defesa graças a Marinho, que não saiu para deixá-lo em impedimento). Ele se antecipou a Daniel, dominando a bola e tocando ao gol na saída do goleiro Marcelo. Antes, o lance mais perigoso do São Caetano foi logo aos três minutos de partida. Marinho se atrapalhou um pouco, mas salvou em cima da linha uma cabeçada de Somália, após cruzamento de Triguinho. O time do ABC, por sinal, teve outras boas chances no ataque na partida, mas falhava na finalização. Poderia até ter ganho por mais gols. O jogo foi complicado para o Corinthians. Leão acreditava que com três volantes (Daniel, Magrão e Marcelo Mattos) acertaria a marcação, mas não conseguiu efeito. O time deixava espaços nas laterais e a situação complicou com a expulsão de Marcelo Mattos pelo segundo cartão amarelo ainda do primeiro tempo, num lance discutível, por causa de duas bolas em campo. Com um jogador a menos, o Corinthians tentou atacar, mas teve dificuldades. Roger (bem no jogo) tentou organizar os ataques, mas mesmo com a entrada de Elton e Arce (que prendeu a bola demais), o time alvinegro não conseguiu marcar o gol. Roger, por sinal, expulso pelo segundo cartão amarelo aos 37 minutos do segundo tempo, sepultou a reação do time. Betão, aos 47 minutos, recebeu o cartão vermelho direto por falta violenta em Luiz Henrique e a partida terminou logo em seguida. Agora, a tentativa de reabilitação corintiana será no domingo, contra o Guaratinguetá, na casa do adversário. O São Caetano, por outro lado, recebe o Marília no sábado, no ABC paulista. Ficha técnica: Corinthians 0 x 1 São Caetano Corinthians - Marcelo; Daniel, Betão, Marinho e Wellington (Elton); Marcelo Mattos, Magrão, Rosinei e Roger; Jailson (Arce) e Christian (Wilson). Técnico: Emerson Leão. São Caetano - Luiz; Paulo Sérgio, Maurício, Tiago e Triguinho; Luiz Maranhão, Glaydson, Márcio Richards (Marabá) e Canindé (Ademir Sopa); Dejair (Luiz Henrique) e Somália. Técnico: Dorival Júnior. Gol - Somália, aos 18 minutos do segundo tempo. Árbitro - Otávio Corrêa da Silva. Cartão amarelo - Canindé, Dejair, Glaydson, Magrão, Paulo Sérgio, Somália e Triguinho. Cartão vermelho - Betão, Marcelo Mattos e Roger. Público - 11.540 pagantes. Renda - R$ 164.586,00. Local - Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.