Divulgação
Divulgação

São Caetano bate Sport e deixa zona de risco da Série B

Time paulista vinha de duas derrotas seguidas na competição

AE, Agência Estado

10 de agosto de 2013 | 18h33

SÃO CAETANO DO SUL - O São Caetano conseguiu a sua reabilitação na Série B do Campeonato Brasileiro ao vencer o Sport por 2 a 1, neste sábado à tarde, no Estádio Anacleto Campanella, no ABC, pela 14.ª rodada. Com 16 pontos, o time paulista saiu da zona de rebaixamento, aparecendo em 14.º lugar. Enquanto isso, o time pernambucano permanece em terceiro lugar, com 24 pontos, um ponto à frente do Paraná, que perdeu para o Palmeiras, por 2 a 1, no Pacaembu.

Pressionado pelas derrotas para o Icasa, por 3 a 2, no Ceará, e para o Palmeiras, por 2 a 1, em casa, o São Caetano entrou em campo com a obrigação de vencer.

Os dois times foram armados no mesmo esquema 4-4-2. Mas, logo no primeiro minuto, o time paulista saiu na frente. No lado esquerdo do ataque, Danilo Bueno fez o cruzamento para a grande área. Apertado pela defesa, o atacante Giancarlo ajeitou a bola no peito e fez o passe para trás. Wagner Carioca perto da linha da área bateu de primeiro à meia altura. O goleiro Magrão ainda tocou as mãos na bola, mas não evitou o gol.

O Sport sentiu o gol. Depois disso demonstrou muita lentidão no meio-campo, errando passes e tendo dificuldades também nas finalizações. Nesta aspecto fez falta Marcos Aurélio, artilheiro do time com nove gols, que cumpriu suspensão. Roger, por sua vez, falhou nos chutes a gol, perdendo duas boas chances.

A preocupação do técnico Marcelo Veiga no segundo tempo era com a queda de produção do time, verificada nos últimos jogos. Por isso, reforçou o pedido de união a seus jogadores. O Sport diminuiu os espaços na marcação, mesmo assim não foi eficiente e ainda ficou exposto aos contra-ataques do São Caetano.

Num destes avanços do time do ABC, Renato Ribeiro sofreu falta perto da grande área. Na cobrança, o zagueiro Fred encobriu a barreira e marcou 2 a 0, aos 25 minutos. Magrão foi tarde para a bola, que saiu fraca, tanto que ainda tocou nela.

Perdido por dois, perdido por mil. O Sport se atirou ao ataque e diminui com Nunes, aos 31 minutos. Na pequena área ele completou de pé direito o cruzamento de Felipe Azevedo, que foi até a linha de fundo e bateu para trás. Depois disso, os últimos minutos foram de pressão do time visitante, que não conseguiu empatar.

Na terça-feira, pela 15.ª rodada, o São Caetano vai enfrentar o América Mineiro no Estádio Independência, a partir das 19h30, mesmo horário em que o Sport vai receber o Ceará na Ilha do Retiro.

FICHA TÉCNICA:

SÃO CAETANO 2 X 1 SPORT

SÃO CAETANO - Rafael Santos; Samuel Santos, Douglas Grolli, Fred e Diego; Moradei, Pirão, Wagner Carioca e Danilo Bueno (Renato Ribeiro); Geovane (Siloé) e Giancarlo (Jael). Técnico - Marcelo Veiga.

SPORT - Magrão; Patric, Tobi, Pereira (Gabriel) e Marcelo Cordeiro; Anderson Pedra, Rithely, Lucas Lima e Camilo (Patrick Silva); Felipe Azevedo e Roger (Nunes). Técnico- Marcelo Martelotte.

GOLS - Wagner Carioca, a 1 minuto do primeiro tempo; Fred, aos 25, e Nunes, aos 31 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Célio Amorim (SC).

CARTÃO AMARELO - Danilo Bueno (São Caetano).

RENDA - R$ 9.345,00.

PÚBLICO - 873 pagantes.

LOCAL - Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.