São Caetano cauteloso em Fortaleza

O São Caetano não quer se arriscar diante do Fortaleza, neste domingo à tarde, no Estádio Castelão, na capital cearense, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Temendo o calor e a forte pressão da torcida tricolor, o técnico Mário Sérgio alertou seus jogadores para que respeitem ao máximo o adversário. Além disso, vai reforçar a marcação e só buscar os gols nos contra-ataques.Despojado para expor suas idéias, o técnico não esconde sua filosofia dentro deste Brasileiro de pontos corridos. "Para manter a regularidade, precisamos somar pontos fora e matar os adversários em casa. Por isso, é natural que a gente reforce a marcação quando estivermos atuando fora."Do discurso para a prática, o difícil é descobrir como ele vai armar o time. Taticamente ele dispõe de duas opções. Uma delas é o 3-5-2 com o volante Marco Aurélio protegendo os dois zagueiros de área - Daniel e Serginho. No caso, os laterais ganham mais liberdade. A segunda opção é manter o tradicional 4-4-2, segurando mais os laterais.O que o técnico não abre mão é de rechear seu meio-campo com volantes: Marco Aurélio, Mineiro e Fábio Santos, além de Luis Carlos Capixaba, um meia que também é bom marcador. "Quem não marca, não ganha jogo", ensina Mário Sérgio.Ele, porém, continua sem revelar a escalação oficial do time. O último treino aconteceu sexta-feira à tarde, num coletivo movimentado no gramado do estádio Anacleto Campanella.Em dois jogos, o Azulão somou quatro pontos. Empatou com o Cruzeiro, por 2 a 2, no Mineirão, e venceu o Criciúma, por 3 a 2 no ABC. Agora tenta manter a média de pontos planejada pela comissão técnica. Um empate em Fortaleza já passa a ser bom negócio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.