São Caetano compõe o grupo com Iotte

Sem contratar nenhum reforço de peso para o Campeonato Brasileiro, a diretoria do São Caetano continua ainda em compasso de espera com relação às possíveis negociações que o clube faria ainda nos próximos dias. De concreto mesmo, apenas a integração ao grupo do meia-atacante Iotte, de 20 anos, revelado pela Portuguesa de Desportos e que também foi beneficiado pela Justiça de Trabalho devido os atrasos de pagamento no Canindé e ganhou seus direitos federativos. O novo contratado chega, a exemplo de Denni do Santo André, apenas para compor o grupo. "São boas esperanças de futuro", confirma o presidente Nairo Ferreira de Souza. As várias especulações que existem no clube continuam ainda sem uma solução. A direção admite ter interesse no lateral Pedro do Palmeiras, mas não admite envolver nenhum de suas estrelas, como o meia Anaílson e o zagueiro Dininho. As negociações com o São Paulo também estariam sendo mantidas em sigilo, uma vez que o clube do Morumbi estaria interessado em roubar um zagueiro do São Caetano. Dininho seria o alvo, mas Serginho teria sido oferecido. Jales, atacante do América, está descartado e até mesmo a vinda de Elivélton, já desligado da Ponte Preta, não está confirmada. Sem ilusão, o técnico Mário Sérgio comandou treinos em dois períodos nesta quarta-feira no CT de Mauá. Pela manhã um físico e à tarde um técnico. Tanto o zagueiro Dininho como o lateral-esquerdo Zé Carlos não treinaram, o que indica que eles dificilmente terão condições de enfrentar o Criciúma, domingo, no ABC.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.