São Caetano confiante em Curitiba

O São Caetano estréia na Copa Sul-Americana contra o Coritiba, nesta quinta-feira, às 21h15, no estádio Couto Pereira, com seu time completo e disposto a lutar pelo título mesmo disputando paralelamente o Campeonato Brasileiro também com o objetivo de brigar pelas primeiras posições. A disposição de lutar pelas duas competições foi uma decisão da diretoria, assumida pela comissão técnica e entendida pelos jogadores. Ao mesmo tempo, o Coritiba anunciou que vai preservar vários jogadores, o que não mudou o objetivo inicial dos paulistas. "Cada clube tem sua meta, então respeitamos a deles. Mas vamos jogar com nossa força total e tirando proveito da situação para unir mais o grupo, ganhar mais entrosamento e manter o entusiasmo com resultados positivos", diz o técnico Péricles Chamusca . Nos dois treinos da semana, Chamusca voltou a insistir nos treinos táticos exigindo que seus jogadores forcem sempre o jogo pelas laterais do campo. Ele acha também que o sistema de cobertura, com três zagueiros e dois volantes, está funcionando bem o qu e facilita os avanços dos alas Ânderson Lima e Triguinho. O técnico aproveitou o treinamento da manhã no estádio Anacleto Campanella, no ABC, para confirmar a mesma formação que atuou no empate de 2 a 2 com o Juventude, domingo, pelo Brasileiro, em Caxias do Sul. Havia, em princípio, a possibilidade do retorno do volante Marcelo Mattos, fora do time há dois jogos. Mas a direção confirmou que o jogador está suspenso devido sua expulsão diante do Santos, na última partida da mesma competição do ano passado. Ficou mais fácil para Chamusca, que se livrou da responsabilidade de escolher entre Marcelo Mattos e Paulo Miranda, que continua como titular.

Agencia Estado,

26 Agosto 2004 | 09h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.