Leonardo Lima/AD São Caetano
Leonardo Lima/AD São Caetano

São Caetano confirma Paulinho McLaren, ex-Santos, como treinador interino

Paulinho assumirá o comando da equipe até que um novo nome seja anunciado para dar prosseguimento ao trabalho que vinha sendo desenvolvido por Wilson Júnior

Redação, Estadão Conteúdo

15 de abril de 2021 | 11h45

O São Caetano confirmou nesta quinta-feira que o técnico Paulinho McLaren irá assumir o time profissional de forma interina até que um novo nome seja anunciado para dar prosseguimento ao trabalho que vinha sendo desenvolvido por Wilson Júnior, que, em comum acordo, optou por deixar a equipe do ABC Paulista após a derrota para o Novorizontino na última quarta, pelo Campeonato Paulista.

Paulinho McLaren é funcionário do São Caetano desde o último dia 5, quando foi contratado para liderar o projeto da equipe sub-23, que vem sendo retomado com a nova gestão, que conta com o CEO Márcio Granada e o coordenador Paulo Campos, ex-Real Madrid e seleção do Catar.

"Sou funcionário do São Caetano desde o dia 5. Vim para um projeto de revitalização da base. É um trabalho de transição que me agrada muito. Comecei assim no Rio Claro. Pegamos a equipe no sub-15, fui para o profissional e buscamos o acesso na Série A2 do Paulista em 2009. E muitos jogadores me acompanharam nesse processo. Ontem (quarta-feira) com a saída do Wilson Júnior, apareceu um novo cenário. O Nairo (presidente) e o Márcio (CEO) se reuniram comigo durante a manhã e me pediram para assumir o clube neste momento enquanto pensam em uma outra possibilidade", afirmou Paulinho McLaren.

Ex-atacante de Santos, Cruzeiro, Internacional, Portuguesa e Atlético-MG, dentre muitos outros, Paulinho McLaren começou a sua carreira de treinador, como ele mesmo revelou, no Rio Claro. Passou também por Itapirense-SP, União São João-SP, Capivariano-SP, Taubaté-SP, Uberlândia, São José-SP, Barretos-SP e Francana-SP. No São Caetano, ganha uma nova oportunidade e, de quebra, assume a equipe com o claro objetivo de conseguir a permanência no Paulistão.

"Me sinto muito à vontade no São Caetano. O objetivo não tem como ser outro, senão o de somar pontos. Temos um confronto direto pela frente e vamos buscar soluções para esse jogo junto com atletas e diretoria. Todo desafio precisa ser encarado como uma oportunidade. Passei por situação semelhante no Taubaté e conseguimos manter o time na Série A2 em 2017. Vou trabalhar forte e com o objetivo de iniciar um ciclo vitorioso no São Caetano", completou.

O primeiro desafio de Paulinho McLaren no comando do São Caetano será na próxima segunda-feira frente ao São Bento, às 22h15, no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP). O time do ABC Paulista é o quarto colocado do Grupo D com um ponto, contra cinco de Guarani e seis do Santos. O líder é o Mirassol, com oito.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.