São Caetano credita derrota ao árbitro

Visivelmente chateado, o técnico Estevam Soares lamentou a derrota do São Caetano para o Figueirense por 2 a 0, no último sábado, em Florianópolis. Ele não teve dúvidas em creditar este tropeço ao árbitro carioca Wágner Tardelli Azevedo, que teria influenciado diretamente no resultado qualificado como atípico. ?Ele expulsou dois jogadores, deu um pênalti inexistente e passou o jogo todo invertendo faltas. A gente não venceria este jogo jamais?, concluiu Estevam, que não esperava voltar de Santa Catarina sem nenhum ponto na bagagem. Mesmo porque antes da partida o time catarinense é o penúltimo colocado e sem vencer. A partir desta segunda-feira, o técnico começa a pensar na formação do time sem a dupla de zagueiros formada por Gustavo e Douglas, ambos expulsos. Mas ele terá muito tempo para confirmar os eventuais substitutos porque o próximo jogo será apenas no dia 11 de junho, quando receberá, no ABC, o Brasiliense. O Campeonato Brasileiro será paralisado devido os jogos da seleção brasileira. O Azulão continua com oito pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.