São Caetano definido para pegar o Flu

Numa semana de absoluta tranqüilidade, o técnico Péricles Chamusca também não teve dificuldades e nem quis fazer mistério para confirmar o São Caetano para o jogo contra o Fluminense, domingo à tarde, no estádio Anacleto Campanella. Após o coletivo da tarde, o técnico adiantou o que pretende com sua decisão: "Deixar os jogadores bem à vontade. Mas mantemos um diálogo aberto com todos e cada um sabe perfeitamente a importância que tem para o grupo". O lateral direito Ânderson Lima, que já tem sete gols na competição e marcou dois gols de falta na vitória sobre o Paysandu, por 3 a 0, foi liberado pelo departamento médico. Ele tinha sido poupado dos treinos de terça-feira por sentir dores musculares. Caso semelhante é do meia Marcinho, que também foi poupado e o único que não participou do coletivo realizado à tarde no estádio. Mas não preocupa a comissão técnica. O time está definido no esquema 3-5-2, com Ceará improvisado na lateral-esquerda, uma vez que Triguinho está machucado. "Não há o que mudar ou inventar, porque nosso rendimento tem sido muito bom", diz Chamusca baseado nos 66% de aproveitamento do time sob seu comando. Em 18 jogos, venceu 11, empatou três e perdeu quatro vezes. O Azulão tem 62 pontos, ocupa a quarta posição e promete brigar pela liderança nas últimas 10 rodadas. O elenco volta a treinar em dois períodos nesta quinta-feira na Estância Santa Luzia, em Mauá. Na sexta-feira faz novo coletivo no estádio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.