São Caetano derrota Fluminense: 1 a 0

Márcio Mexirica calou a torcida do Fluminense neste sábado em Volta Redonda. Ele fez o gol da vitória ao São Caetano no confronto com a equipe carioca, por 1 a 0, aproveitando um contra-ataque veloz, quando seu time sofria pressão total do adversário. Faltavam quatro minutos para o fim da partida, o Fluminense estava no ataque, em busca do gol. Mas, numa jogada rápida, Mexirica recebeu lançamento e surpreendeu a zaga adversária. Ainda driblou o goleiro Kléber para abrir e fechar o placar de 1 a 0. Difícil destacar mais alguém na derrota do Fluminense para o São Caetano. O time carioca deixou escapar a oportunidade de buscar a liderança do Campeonato Brasileiro e não merecia mesmo a vitória, nem sequer o empate. Foi uma equipe apática, sem iniciativa e que insistiu em tabelas pelo meio. No São Caetano, apesar de uma atuação apenas razoável, o resultado valeu, e muito, para o goleiro Sílvio Luís. Ele não levou gol no seu jogo de número 400 defendendo o São Caetano e voltou para casa com três pontos. O São Caetano ainda teve de se desdobrar para suportar a ausência de um de seus jogadores, o meia Júlio César, expulso no começo do segundo tempo. Bem fechado na defesa, o visitante foi aos poucos enervando o Fluminense. No entanto, era o São Caetano que cometia faltas seguidas. As duas equipes erravam demais em troca de passes e finalizações. No final, o empate parecia o mais provável, também por causa do cansaço dos atletas. Mas Mexirica, que entrara no decorrer da segunda etapa, ainda tinha fôlego.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.