São Caetano derrota Marília por 2 a 0

O São Caetano se reabilitou da goleada sofrida para o Paulista, por 4 a 1, na última rodada do Campeonato Paulista ao vencer o Marília por 2 a 0, nesta quinta-feira à noite, em jogo válido pela terceira rodada do estadual. A partida realizada no estádio Anacleto Campanella marcou a alteração do novo esquema tático da equipe do ABC, que depois de anos deixou de lado o 3-5-2 e apostou no tradicional 4-4-2. Com a vitória, o São Caetano é agora o oitavo colocado, com seis pontos ganhos e um saldo zero. O Marília é o 15º colocado, com três.A partida começou equilibrada. Bastante desfigurado, o São Caetano jogava com o meia Anaílson e o reserva Jales no ataque, já que Fernando Baiano foi negociado com o Málaga, da Espanha. Aos poucos o time foi tomando conta das ações, mas também levou o primeiro susto. Aos 28 minutos, Ricardinho tentou, mas Sílvio Luiz fez boa defesa.Aos 32, no entanto, conseguiu abrir o placar. A defesa do Marília afastou mal o cruzamento e o volante Paulo Miranda bateu forte no canto direito, sem chances para o goleiro. Aos 45, os donos da casa quase ampliaram a vantagem. Após cruzamento, Zé Luís acertou a trave.Se apresentando de forma apática, o Marília não conseguia inverter o quadro e no segundo tempo o São Caetano continuou melhor. Logo aos cinco minutos Raullen fez jogada individual e deu um chute traiçoeiro, vencendo o goleiro Guto: 2 a 0. O Marília sentiu o golpe e não esboçou reação. A melhor chance surgiu aos 23 minutos, com Diego, mas ele furou sem goleiro e perdeu gol incrível.Reforço - Antes do jogo, a diretoria confirmou a contratação do meia Canindé, ex-Santos, Paulista e Paraná, que já fez exames médicos e assinou contrato por um ano. No próximo domingo, os times jogam pela quarta rodada. Às 16 horas o São Caetano enfrenta o Palmeiras no Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano. O Marília joga às 17 horas, contra o Santo André, em Marília.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.