São Caetano em busca da 3ª final

O São Caetano inicia neste sábado à tarde sua caminhada em busca da terceira final de Campeonato Brasileiro consecutiva. Às 16 horas, o time do ABC paulista - uma das mais agradáveis surpresas do futebol brasileiro dos útlimos tempos - enfrenta a equipe do Paraná, no estádio Couto Pereira, em Curitiba. Em 2000, o Azulão enfrentou o Vasco na chamada Copa João Havelange e perdeu. No ano passado, pegou o Atlético Paranaense e também acabou derrotado. Desta vez, o time quer o título e para isso, recorreu a velhos conhecidos: Claudecir e Adhemar, heróis do primeiro vice-campeonato já voltaram. Magrão, outro que esteve na João Havelange, deverá ser o próximo. Outra grande novidade estará fora de campo. O técnico Jair Picerni deixou o clube depois de perder o título da Libertadores. Em seu lugar, entrou Mário Sérgio Pontes de Paiva - técnico de carreira irregular. Mas não se deve esperar evoluções tão cedo. Pelo contrário. O time sofreu muitas baixas e a formação da estréia será muito diferente daquela que foi derrotada pelo Olímpia na final da Libertadores, no final de julho. Mário Sérgio aproveitou o técnico-tático realizado pela manhã desta sexta-feira no estádio Anacleto Campanella, para definir a escalação. Não deixou dúvidas. O volante Marlon será improvisado na lateral-direita, ganhando a preferência sobre Moisés, contratado junto ao Brasiliense-DF. Serginho vai substituir a Daniel, machucado, no meio da defesa, enquanto o lateral-esquerdo Lúcio faz sua estréia. Outro estreante é o volante Fábio Santos, ex-Santo André, que ficará encarregado da marcação ao lado de Claudecir. No ataque, Wagner ganhou a vaga de Jean Carlos, que será opção para o segundo tempo. "Preferi escalar o pessoal que já estava aí, como o Marlon e o Wagner. A estréia do Lúcio já era esperada, enquanto o Fábio Santos estréia por uma circunstância, porque o Serginho foi recuado para a defesa". A delegação embarcou para a capital paranaense às 16 horas. A diretoria confirmou que está mesmo acertando a volta do volante Magrão. Mas ainda existem diferenças financeiras com o Palmeiras. Adhemar, que voltou do Stuttgart, ainda não teve sua inscrição regularizada.

Agencia Estado,

09 Agosto 2002 | 17h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.