Fabrício Cortinove/AD São Caetano
Fabrício Cortinove/AD São Caetano

São Caetano empata com XV, fatura Copa Paulista pela 1ª vez e ganha vaga na Série D

Após vencer a partida de ida da decisão, equipe do ABC faz a festa do título no Anacleto Campanella

Redação, Estadão Conteúdo

16 de novembro de 2019 | 20h26

O São Caetano conquistou o título inédito da Copa Paulista neste sábado ao segurar um empate por 1 a 1 com o XV de Piracicaba, no Estádio Anacleto Campanella, no ABC. O time da casa tinha a vantagem do empate porque venceu os piracicabanos por 3 a 2 no jogo de ida da decisão, no Estádio Barão de Serra Negra, no último fim de semana.

Com a conquista, o São Caetano levará uma premiação de R$ 250 mil e também uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro de 2020, competição que disputou nesta temporada. Na ocasião, acabou caindo na primeira fase. Enquanto isso, o XV de Piracicaba, com o vice-campeonato, classificou-se para a Copa do Brasil - a última vez que esteve no torneio foi em 1991. O time alvinegro levou R$ 150 mil.

Precisando vencer por um gol de diferença para levar a decisão para os pênaltis, o XV adotou uma postura agressiva, deixando o jogo intenso. Apesar disso, o primeiro tempo terminou sem gols.

O time piracicabano voltou para a segunda etapa na mesma pegada e criou duas boas chances, mas as desperdiçou. E acabou castigado com o gol do São Caetano aos 20 minutos. Alex Reinaldo cobrou escanteio com efeito, o meia Kadu Barone tentou mandar a bola para longe, atrapalhou-se e fez gol contra.

Atrás no placar, o time alvinegro foi com tudo para o ataque. Aos 25 minutos, Danilo Bueno arriscou um chute e carimbou a trave. O XV chegou a marcar aos 29, com Robertinho, mas o gol foi anulado por impedimento.

O jogo, então, virou ataque contra defesa. O esforço quinzista acabou sendo recompensado aos 45 minutos com o gol de empate. Após cruzamento de Kadu Barone, o zagueiro Gilberto Alemão subiu sozinho para de cabeça fazer 1 a 1. Na hora de pegar a bola no fundo do gol, Macena se desentendeu com o goleiro Luiz Daniel e ambos foram expulsos. E não houve tempo para mais nada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.