São Caetano faz festa com Axé e camisa nova

Antes mesmo da conquista do esperado título paulista pelo São Caetano, a diretoria do clube já tinha tomado pelo menos duas providências para a festa. Uma delas foi a contratação do trio elétrico Moby Dick para animar a torcida ao som de muita música Axé. A outra foi confeccionar uma camisa especial dourada, com o escudo do clube no lado esquerdo do peito e com uma estrela branca simbolizando o título do Paulistão.O eufórico presidente Nairo Ferreira e Souza garantiu que não houve nenhum tipo de precipitação da diretoria. "Tínhamos a certeza nesse título, porque todo o grupo estava unido e convicto. De qualquer forma, a gente faria festa. Agora com mais gosto, por que somos campeões", explicou. O dirigente confirmou que já tinha "armado" tudo há 15 dias, inclusive 10 mil litros de chope para os torcedores.A Avenida Goiás, palco da festa, tinha sido interditada às 16 horas, pouco depois da saída de mais de duas centenas de ônibus para levar a torcida ao Pacaembu. "Foi uma torcida de família. Até minha esposa e meu filho estão aí na arquibancada", dizia o técnico Muricy Ramalho. Os jogadores deixaram o Estádio do Pacaembu às 19h30, todos com camisas douradas, com destino à nova capital do futebol paulista. Foram saudados com uma cidade enfeitada de azul, por muitos fogos e participaram do esperado desfile no carro do Corpo de Bombeiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.