São Caetano goleia e se reabilita

O São Caetano se reabilitou dentro do torneio Rio-São Paulo ao vencer o Etti Jundiaí por 4 a 2 hoje à tarde, no estádio Anacleto Campanella, noABC. O vice-campeão brasileiro somou seus três primeiros pontos, enquanto o time jundiaiense continua com apenas um ponto.O destaque do jogo foi o atacante Somália, que marcou um gol e participou das principais jogadas ofensivas do Azulão. Os clubes do futebol entraram em campo com muita disposição, num jogo aberto e franco. O Jundiaí deu a impressão de que iria complicar a vida do rival, abrindo o placar aos 11 minutos com o artilheiro Jean Carlo. Ele aproveitou uma furada do estreante Marcos Senna, que tentou aliviar, para carregar a bola pela grande área e tocar na saída dogoleiro Luciano, que substituiu a Sílvio Luis, suspenso.Mas a reação do Azulão não demorou. Ainda inconformado com a derrota para a Portuguesa de Desportos por 2 a 0 na estréia, o São Caetano imprimiu um ritmo muito forte de jogo, diminuindo os espaços do adversários e fugindo à marcação com muita movimentação e toques rápidos. O empate saiu aos 15 minutos - Somália aproveitou o rebote do goleiro Arthur, que não conseguiu segurar o chute de Adãozinho.No minuto seguinte, o meia Ailton ficou sozinho na frente da grande área, acertando um forte chute de perna direita, sem chances de defesa para Arthur. Os gols deixaram os jogadores do Jundiaí nervosos, acumulando erros de passes e não conseguindo acertar a marcação nomeio-campo. O terceiro gol não demorou a sair. O zagueiro Renato Carioca cometeu pênalti ao derrubar Somália. Adãozinho bateu forte: 3 a 1, aos 24 minutos. O domínio foi total do vice-campeão brasileiro, com as boas atuações dos estreantes Marcos Senna e do lateral-esquerdo Rubens Cardoso. O grandalhão Somália também deu muito trabalho à defesa do Jundiaí. Apesar da tentativa de Giba, técnico do Jundiaí, acertar nos vestiários o posicionamento do time, o São Caetano continuou dominando as ações do jogo. E ampliou o placar aos 18 minutos, quando Somália fez bela jogada e chutou forte. O goleiro Arthur rebateu e Anaílson só completou. O Jundiaí chegou ao seu segundo gol aos 21 minutos, quando o zagueiro Thiago cabeceouforte após a cobrança de escanteio. Os dois times sentiram o forte calor e diminuíram o ritmo de jogo. O São Caetano tocou a bola, mesmo por que tinha imposto um ritmo alucinante no primeiro tempo. Nem precisou correr muito para garantir a vitória.Os dois times voltam a atuar quarta-feira. O Etti tentará a reabilitação contra o Bangu, no estádio Jaime Cintra, em Jundiaí, enquanto o São Caetano enfrenta o Palmeiras, no Parque Antártica.

Agencia Estado,

27 de janeiro de 2002 | 18h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.