São Caetano goleia The Strongest por 4 a 2

O São Caetano goleou o The Strongest, por 4 a 2, na sua estréia na Copa Libertadores da América 2004, nesta quinta-feira à noite, no estádio Anacleto Campanella. Mais do que começar com o pé direito na competição sul-americana, o Azulão demonstrou garra para brigar pelo título. A vitória deixou time brasileiro na liderança do Grupo 1, com três pontos. América, do México, e Peñarol, completam o grupo e ainda não jogaram.Em casa e mesmo com apoio tímido de sua pequena torcida, o São Caetano entrou em campo determinado a buscar a vitória desde os primeiros minutos. Diminuindo os espaços e com uma marcação eficiente, encurralou o adversário no seu campo defensivo. O time nem parecia sentir as ausências do zagueiro Gustavo, machucado, e do volante Mineiro, substituído de última hora por Marcelo Mattos.O gol seria questão de tempo. E saiu aos 16 minutos quando o zagueiro Serginho desceu ao ataque, fez o cruzamento para Marcinho, que ajeitou de cabeça para a finalização forte de Somália. Mantendo a mesma "pegada" tão alardeada pelo técnico Tite, o São Caetano continuou dominando as ações em campo e criando chances. O segundo gol saiu aos 44 minutos, quando Zé Carlos lançou Gilberto, que matou no peito e finalizou. Um belo gol.O segundo tempo começou em ritmo forte. O time boliviano deu um susto logo aos seis minutos, quando Francisco Ferreira, que tinha entrado no lugar de Alex de Rosa, aproveitou o vacilo da defesa, que não cortou o lance área, para completar: 2 a 1.Mas o São Caetano estava ligado. Dois minutos depois, aos oito, Marcinho tabelou com Anderson Lima, driblou um zagueiro e chutou no alto sem chances para o goleiro Soria. Aos 11 minutos, Marcinho foi derrubado dentro da área por Carvallo: pênalti. Anderson Lima cobrou, o goleiro ainda tocou na bola mas não evitou o quarto gol.Aos 13 minutos, Marcinho e Coelho se desentenderam recebendo o cartão amarelo. O problema é que Marcinho tentou simular um pênalti aos 24 minutos e o juiz aplicou o vermelho. Um minuto depois, aos 25, o The Strongest diminuiu com Mendez, que aproveitou a falha do goleiro Silvio Luiz que não cortou o cruzamento.Com um a mais em campo, o time visitante não se intimidou e buscou diminuir o placar. A pressão foi grande, mas a defesa, como sempre, suportou bem agora com a ajuda de Marco Aurélio, que deu novo fôlego ao meio-campo no lugar de Gilberto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.