São Caetano perde pênalti e fica no empate com o Goiás

Não foi da forma esperada, mas o São Caetano conseguiu impedir que o Goiás conquistasse o título da Série B do Campeonato Brasileiro de forma antecipada neste sábado. Com direito a pênalti perdido no final da partida, o time paulista não passou de um empate por 1 a 1, no estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP), pela 37.ª e penúltima rodada.

AE, Agência Estado

17 de novembro de 2012 | 18h45

Com o resultado, o São Caetano foi aos 68 pontos, mantendo a quinta posição e ficando vivo na briga pelo acesso, precisando de uma vitória contra o Guarani, na última rodada, em Campinas, e de um tropeço de Atlético Paranaense ou Vitória. Da mesma forma, o Goiás segue na liderança, com 75 pontos, precisando de um simples empate contra o Joinville, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, para ser o campeão.

O Goiás tentou pressionar nos primeiros minutos, mas encontrou um adversário bem posicionado no campo de defesa e marcando forte. Depois dos 15 primeiros minutos, o São Caetano igualou as ações e passou a frequentar mais o campo de ataque, aproveitando os espaços deixados pelos visitantes pelos lados.

Danielzinho era o jogador mais perigoso e tentou encontrar o atacante Leandrão duas vezes dentro da área, mas o camisa 9 não conseguiu aproveitar. Por incrível que pareça, a chance mais clara para os mandantes saiu dos pés do volante Moradei. Em chute de fora da área, ele exigiu grande defesa de Harlei.

O Goiás voltou dos vestiários assustando e por pouco não abriu o placar logo no primeiro minuto. Renan Oliveira recebeu passe dentro da área, mas acabou mandando por cima do gol, de forma bisonha. O lance complicou a vida dos visitantes, que viram o São Caetano abrir o placar ao 14 minutos. Danielzinho tabelou pelo lado direito e, da entrada da área, bateu forte, rasteiro, no canto de Harlei. Em seguida, Vandinho teve a chance de ampliar e dar mais tranquilidade, mas perdeu grande chance em cabeçada.

Aos 26 minutos, o centroavante do São Caetano participou de um lance capital que mudou a história da partida. Em arrancada pelo lado direito, Vandinho caiu. O árbitro gaúcho Leandro Pedro Vuaden acabou marcando a penalidade. Avisado por seu auxiliar, porém, voltou atrás e acabou marcando simulação. O atacante recebeu o segundo cartão amarelo e acabou expulso.

Em seguida, o Goiás conseguiu empatar. Após levantamento de Egídio, o volante Amaral subiu mais alto do que a marcação e empatou, aos 28 minutos. Valente, o São Caetano foi para cima e conseguiu acabar com a vantagem numérica do rival no final da partida, quando Valmir Lucas foi expulso após falta dura em Danielzinho.

No final, os donos da casa tiveram a chance de ficar na frente do placar novamente em cobrança de pênalti sofrida por Danielzinho, aos 43 minutos. Airton foi para a cobrança, mas o goleiro Harlei fez grande defesa no canto esquerdo e evitou a derrota.

FICHA TÉCNICA

SÃO CAETANO 1 x 1 GOIÁS

SÃO CAETANO - Luiz; Samuel Xavier, Gabriel, Wágner e Diego; Augusto Recife, Moradei, Éder (Allan) e Pedro Carmona (Airton); Leandrão (Vandinho) e Danielzinho. Técnico: Aílton Silva.

GOIÁS - Harlei; Vitor, Valmir Lucas, Ernando e Egídio; Amaral, Thiago Mendes, Renan Oliveira (Iarley), Ramon e Ricardo Goulart (Junior Viçosa); Walter (Dudu Cearense). Técnico: Enderson Moreira.

GOLS - Danielzinho, aos 14, e Amaral, aos 28 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Pedro Carmona (São Caetano); Ernando (Goiás).

CARTÕES VERMELHOS - Vandinho (São Caetano); Valmir Lucas (Goiás).

ÁRBITRO - Leandro Pedro Vuaden (Fifa/RS).

RENDA - R$ 32.295,00.

PÚBLICO - 2.785 pagantes.

LOCAL - Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.