São Caetano pode perder Serginho

Sem apresentar um grande reforço para a temporada 2004, o São Caetano ainda pode perder um de seus titulares. É o zagueiro Serginho, muito cotado e que faz parte dos planos de vários clubes do futebol brasileiro, como Fluminense e Guarani, além de ter uma sondagem do futebol espanhol. O seu contrato terminou dia 31 de dezembro e o clube já manifestou interesse na renovação. O presidente Nairo Ferreira de Souza, porém, fez questão de deixar sua posição bem clara: "Queremos o jogador, vamos propor a ele a renovação dentro de nossas bases. Se ele quiser, tudo bem, caso contrário ele pode seguir seu caminho". Serginho, de 29 anos, está no clube desde 1999. Ele começou a carreira no interior de Minas Gerais passando por Social, Patrocinense, Democrata e Ipatinga. Em São Paulo atuou pelo Mogi Mirim e Araçatuba. O dirigente também preferiu afastar a possibilidade da contratação do meia Marcelinho Carioca. Por enquanto, estão definidos apenas quatro reforços: o atacante Fabrício Carvalho, o lateral-esquerdo Triguinho, o atacante Fernandinho e o zagueiro Evaldo que está atuando pelo time de juniores. Já deixaram o clube, oficialmente, o lateral Ângelo, o meia Luis Carlos Capixaba, o volante Ramalho e o atacante Jales. A apresentação do elenco acontecerá na quarta-feira, às 15 horas, e a diretoria confirmou o período de pré-temporada na cidade de Mirassol, no interior do Estado, entre os dias 11 e 18 de janeiro. A estréia no Paulistão acontecerá no dia 21, às 20h30, diante do Mogi Mirim, em São Caetano do Sul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.