São Caetano prioriza Libertadores

O São Caetano vai viver umasemana decisiva com jogos importantes pelo Campeonato Paulista e pela Taça Libertadores da América. Até de forma curiosa,quando o time não tinha mais pretensão de continuar no Estadual, acabou ficando com uma vaga e terá a chance de seguiradiante contra o São Paulo pelas quartas-de-final. Mas antes de pensar no jogo do Morumbi, domingo, o time do ABC se concentra no América, no México. A delegação viajou nesta segunda-feira. O desafio é grande, inicialmente, na competição sul-americana. Após a inesperada derrota em casa, por 2 a 1, o São Caetano ficoucom a obrigação de dar o troco na Cidade do México para continuar brigando pela liderança do Grupo 1. Os mexicanos lideramcom sete pontos, enquanto os brasileiros são vice-líderes, com quatro. Peñarol, do Uruguai, e The Strongest, da Bolívia, só tem um ponto, mas com um jogo a menos. Eles se enfrentam nesta terça-feira, em Montevidéu. "Não podemos pensar nas duas competições ao mesmo tempo. A nossa prioridade agora é a Libertadores. Depois veremoscomo fazer com o Paulista", avisou o técnico Muricy Ramalho, antes do embarca da delegação, às 11 horas, no AeroportoInternacional de Cumbica, em Guarulhos. Só que o time está numa situação complicada, porque estes dois jogos podem definir o futuro nas duas competições. Se perder do América, quarta-feira, às 24 horas, o time do ABC praticamente não terá mais chance de ficar com a primeira vaga do grupo. Daí terá que brigar pelo índice técnico na segunda posição, mas dependerá de vários resultados de outros grupos. No Paulista, também não há alternativa porque o jogo com o São Paulo será único. Quem vencer continua, quem perder caifora. E num jogo que, em caso de empate no tempo normal, pode ir para prorrogação de 30 minutos e a vaga pode até serdecidida nas cobranças de pênalti. Antes do último jogo, diretoria e comissão técnica tinham optado por não priorizar oPaulista. Mas o time venceu o União São João, por 1 a 0, em Araras, e acabou favorecido pelo tropeço do Marília, que empatou,por 2 a 2, em casa, com o já rebaixado Oeste. A desculpa, antes de conquistar a vaga, era a irregularidade do time nos primeirosjogos, mas os comandados de Muricy conseguiram quatro vitórias consecutivas, diante de Palmeiras (1 a 0), Ituano (3 a 2), Paulista (5 a 1) e União (1 a 0). A preocupação agora é com o desgaste físico. A viagem para a Cidade do México é desgastante, com quase nove horas, entretransporte terreste e aéreo. Os jogadores tiveram que acordar cedo nesta segunda-feira, chegando ao estádio AnacletoCampanella às 8 horas. Havia preocupação com relação ao embarque, devido a eventuais problemas no trânsito da capital. Vintejogadores estão relacionados, entre eles o zagueiro Dininho, que se recupera de uma torção no tornozelo. Ele é a únicadúvida do técnico para escalar o time titular. Está confirmada a volta de todos que foram poupados em Araras, como oslaterais Ânderson Lima e Zé Carlos, o volante Marcelo Mattos, o meia Gilberto, que estava suspenso, e o atacante Warley.

Agencia Estado,

15 de março de 2004 | 12h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.