São Caetano pronto para semana decisiva

O São Caetano encara esta semana como fundamental para atingir seus planos de chegar entre os cinco primeiros colocados no Campeonato Brasileiro para assegurar uma vaga na Taça Libertadores de 2004. O plano está dividido em duas partes: a primeira contra o Coritiba, quarta-feira, e a segunda diante do São Paulo, domingo, ambos no Estádio Anacleto Campanella. Só que para o técnico Tite, o time "tem que matar" seus adversários em casa, somando os pontos necessários para caminhar brigando por uma vaga. Agora faltam apenas nove jogos para o término da competição. "Quando digo matar é ter gana de marcar os gols e de vencer", esclarece o técnico ainda chateado com as insinuações por parte do Santos de que tivesse pedido aos seus jogadores para bater nos adversários. "Isso, jamais farei." A preocupação de momento é com o jogo diante do Coritiba, terceiro colocado, com 65 pontos. O São Caetano é o sexto, com 59 pontos. "Estes dois jogos serão o divisor de águas para nosso time. Precisamos somar pontos, porque seriam em cima de dois concorrentes diretos." O São Paulo é quarto colocado com 61 pontos. Para este jogo diante dos paranaenses, o São Caetano terá as voltas de dois jogadores que cumpriram suspensão automática: o zagueiro Dininho no lugar de Thiago e o atacante Adhemar na vaga de Somália. A única baixa no empate sem gols com o Vitória, em Salvador, foi Mineiro, que será substituído por Capixaba. Os jogadores realizaram exercícios na piscina, nesta segunda-feira à tarde, ganhando folga terça-feira pela manhã. Às 15h30 haverá um treino leve e o início da concentração.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.