São Caetano quer começar vida nova

Precisando se reabilitar dentro do Campeonato Brasileiro, o São Caetano recebe o Brasiliense, neste sábado, às 16 horas, no Estádio Anacleto Campanella, no ABC, pela sétima rodada. O Azulão não quer apagar apenas a derrota sofrida para o Figueirense, em Florianópolis, mas pretende iniciar uma arrancada em busca das primeiras posições, esquecendo a sua campanha irregular até agora, em que soma oito pontos e ocupa o modesto 13º lugar. Para o time de Brasília a meta não é tão diferente. O objetivo é confirmar a recuperação iniciada após a vitória apertada sobre o Paraná. O Jacaré ocupa a 17ª posição, com seis pontos. Esta é a primeira vez que os dois times se enfrentam. "Não sei o que o adversário quer ou precisa, mas tenho a certeza de que nós vamos iniciar um novo caminho a partir de agora", afirmou o técnico Estevam Soares, que teve as duas semanas de folga na tabela para treinar fora da cidade. Ficou alguns dias em Jarinu e outros em Itu. No São Caetano, quatro jogadores estão fora por suspensão. Os zagueiros Douglas e Gustavo, expulsos, o volante Paulo Miranda, punido pelo STJD por quatro jogos, e o lateral Renaldo, com três cartões amarelos. A dupla defensiva terá Thiago e Neto, enquanto Alessandro será o lateral-direito. Pingo ficará com a vaga de Paulo Miranda. O goleiro Sílvio Luís, que sofreu uma pancada na costela, está confirmado para o jogo. Além das mudanças forçadas, Estevam Soares fará algumas experiências de ordem técnica e tática com o objetivo de melhorar o rendimento do time. Júlio César e Jean treinaram entre os reservas e deram lugar ao volante Claudecir, que fará sua reestréia, e o atacante Márcio Mixirica. Além disso, Anaílson ganhou a camisa de Canindé no meio campo. A baixa no Brasiliense, dirigido por Valdir Espinosa, é o zagueiro Renato, por problemas estomacais. O zagueiro Gérson entra na sua vaga. O atacante Agnaldo, que jogou no ataque na última partida, está fora porque retorna o titular Oséas, recuperado de lesão. No meio de campo, o sistema com três volantes está confirmado, inclusive com a presença de Vampeta. O meia Iranildo completa o setor, tendo a responsabilidade e liberdade para criação de jogadas. A lado de Oséas, Igor forma a dupla de atacantes do Jacaré na busca da quebra de jejum de gols.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.