São Caetano quer evitar 4ª derrota seguida

O São Caetano tenta esquecer diante do Atlético Mineiro, nesta quinta-feira, em Belo Horizonte, a seqüência de três derrotas consecutivas que abalaram parte do prestígio que o técnico Tite arrematou no clube, quando chegou e obteve uma série de resultados positivos. Voltar a vencer é também o caminho natural para retomar o objetivo da diretoria de chegar entre os quatro primeiros para garantir uma vaga na Taça Libertadores de 2004. Com 45 pontos, o São Caetano também tem esperança, desde a última terça-feira, de somar três pontos perdidos para o São Caetano, em Belém, na derrota por 1 a 0. Ponte e Corinthians já ganharam pontos no Tribunal do Rio. Enquanto deixa esta briga de bastidores para a diretoria, Tite sabe muito bem o que o time precisa diante do Atlético. ?Voltar ao grau de produtividade dos jogos que vinha fazendo normalmente. Acho que jogamos mal contra o Figueirense (perdeu por 2 a 0, em casa), mas nos outros jogos fomos bem." Ele garante que os jogadores também estão conscientes disso, o que vai facilitar para o time suportar a pressão em se recuperar das derrotas para Paysandu e Figueirense, pelo Brasileiro, além do fracasso diante do Santos pela Copa Sul-Americana. Para dar moral ao grupo, Tite confirmou a mesma formação dos últimos dois jogos, com Ângelo na ala direita e Somália no comando de ataque. O time mantém o esquema 3-5-2, confiando na força da melhor defesa da competição, com 25 gols, e na esperança de marcar gols nos contra-ataques. Os jogadores participaram de um treino técnico-tático nesta quarta-feira pela manhã no Estádio Anacleto Campanella e às 16 horas embarcaram para Belo Horizonte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.