São Caetano sabe como voltar à ponta

Animado com as duas vitórias consecutivas dentro do Campeonato Brasileiro, diante do Vitória, por 2 a 1, de virada, e sobre o Guarani, por 3 a 0, quarta-feira à noite, no estádio Anacleto Campanella, o técnico Péricles Chamusca acha que o time "reencontrou seu caminho" dentro do Campeonato Brasileiro e que poderá subir na tabela ao velho estilho "passo a passo". Com 39 pontos, em oitavo lugar, o Azulão prioriza ficar entre os quatro primeiros colocados. "Mas depois podemos também sonhar com outros objetivos maiores, como o título", diz o técnico. A diferença em relação ao segundo, terceiro e quarto colocado, respectivamente, Santos, Ponte Preta e Juventude, é de cinco pontos. E sete pontos em relação ao líder Palmeiras, que soma 46 pontos. Na próxima rodada, o São Caetano terá a chance de brigar com um concorrente direto para as primeiras posições: o Juventude, domingo, às 16 horas, em Caxias do Sul. "Será outro jogo duro, mas precisamos ser otimistas e pensar sempre em buscar pontos, dentro e fora de casa", afirma Chamusca. Para este jogo ele já poderá contar com o retorno do volante Marcelo Mattos que cumpriu suspensão automática e deve reassumir a vaga de Paulo Miranda. E, dificilmente, o goleiro Sílvio Luiz será liberado pelo departamento médico, uma vez que ele sentiu uma lesão muscular na coxa direita que ainda está muito dolorida. Ele foi vetado de última hora para enfrentar o Guarani, sendo substituído por Luiz. Nesta quinta-feira à tarde houve apenas treinos de relaxamento, com o coletivo previsto para a tarde de sexta-feira no gramado do estádio Anacleto Campanella.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.