São Caetano se classifica nos pênaltis

O São Caetano se classificou às quartas-de-finais da Taça Libertadores da América ao vencer o Universidad Católica, do Chile, na cobrança de penalidades máximas, por 4 a 2, nesta quarta-feira à noite, no estádio Anacleto Campanella, no ABC. No tempo normal houve empate por 1 a 1. O próximo adversário do Azulão será o Peñarol, do Uruguai.O jogo teve dois tempos distintos. No primeiro, o São Caetano se impôs, mesmo com Marcos Senna improvisado na lateral direita no lugar de Russo, machucado. Jair Picerni optou por um meio-campo ofensivo, com apenas o volante Serginho e três meias: Ailton, Adãozinho e Robert.O time brasileiro reclamou muito de um gol anulado marcado por Ailton, após passe de Anaílson, aos 35 minutos. Aos 40 minutos, o mesmo Ailton mandou a bola na trave. Cinco minutos depois, Ailton deu um passe perfeito para Brandão, dentro da pequena área, apenas completar.O time chileno chegou ao empate logo aos seis minutos, quando Norambuena desviou de cabeça uma bola levantada da intermediária. A partir daí, o São Caetano perdeu a tranqüilidade, se entregando à catimba do adversário.A decisão foi para a cobrança de penalidades. E deu São Caetano, por 4 a 2. Adãozinho abriu para o São Caetano, mas Ramirez igualou. Marcos Senna converteu a segunda cobrança, mas Norambuena empatou; Marlon fez 3 a 2 e Segovia chutou por cima do gol, só que na seqüência Rubens Cardoso mandou a bola na trave. O chileno Ormázabal não acreditou quando Silvio Luiz defendeu a sua cobrança. O zagueiro Daniel bateu forte e completou a série, dispensando a última cobrança do adversário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.