São Caetano só empata e se complica

O São Caetano empatou com o Peñarol, por 1 a 1, nesta quinta-feira à noite, em São Caetano do Sul, e precisará de uma vitória, na última rodada, diante do The Strongest, na Bolívia, dia 15, para tentar a classificação no Grupo 1 para a segunda fase da Taça Libertadores. O Peñarol receberá o América, do México, em Montevidéu. O América, com dez pontos, lidera, seguido por São Caetano e Peñarol, que somam cinco cada. O The Strongest tem quatro. América e The Strongest se enfrentam nesta madrugada de sexta-feira no México. No primeiro tempo, o time brasileiro encontrou muita dificuldade com a forte marcação do Peñarol ? que várias vezes chegou à violência, tanto que levou três cartões amarelos nos primeiros 30 minutos. Mas a primeira chegada perigosa foi dos uruguaios. Aos 10 minutos, Ramos bateu falta com força, que passou perto e assustou o goleiro Sílvio Luiz. A lentidão do São Caetano foi fatal: aos 18 minutos, Rodriguez fez jogada pela esquerda e cruzou para Carlos Bueno, que ganhou de Triguinho pelo alto e tocou de cabeça para abrir o marcador. Aos 32, a melhor chance do São Caetano. Euller recebeu livre na entrada da área e bateu firme, de primeira, mas Elduayen defendeu facilmente. Na segunda etapa, o São Caetano subiu de produção. Aos 2 minutos, Gilberto arriscou de fora da área e obrigou Elduayen a se desdobrar para evitar o gol.Em novo chute de longe veio o empate. Aos 12, Triguinho dominou pela esquerda e bateu cruzado. Antes de entrar, a bola tocou no chão e tirou a chance de Elduayen fazer a defesa. No entanto, o time brasileiro insistiu em tabelas na entrada da área e em bolas alçadas ? e a defesa do Peñarol, bem posicionada, bloqueou todas as tentativas do São Caetano. Os uruguaios ainda criaram grande chance para marcar o segundo gol, aos 39, quando Perez desperdiçou, sem marcação, um bom cruzamento de Pereira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.