São Caetano só pensa em recuperação

A tão esperada bronca do técnico Estevam Soares para os jogadores do São Caetano se transformou numa conversa de 25 minutos antes do treino desta terça-feira à tarde no Estádio Anacleto Campanella. O treinador já avisou o elenco de que todos terão que se superar para recuperar os três pontos que o time, teoricamente, perdeu nas quatro primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro. Para o técnico, o empate com o Palmeiras, em 2 a 2, sofrido em cima da hora, significaram dois pontos. E a derrota para o Paysandu, por 3 a 2, com outro gol sofrido nos minutos finais, representaram um ponto certo. "O campeonato é muito equilibrado e não se pode perder pontos desta forma. Poderíamos estar numa situação bem melhor na tabela", lembra. Com cinco pontos, o Azulão é o 11º colocado, mas se tivesse mais três pontos estaria na sexta posição, com oito pontos. A meta, agora, é fazer bem a lição de casa contra o Flamengo, domingo, às 16 horas. O volante Paulo Miranda ainda não está treinando com bola, mas pode voltar ao time se participar dos coletivos da semana, previstos para quarta e sexta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.