São Caetano tem 3º técnico em 2004

Para um clube considerado modelo, que nesta temporada conquistou o título mais importante em 14 anos de vida - campeão paulista - o São Caetano terá uma segunda-feira diferente: vai apresentar seu terceiro técnico em 2004. Péricles Chamusca, ex-Santo André, será apresentado às 15 horas, no Estádio Anacleto Campanella no lugar de Muricy Ramalho, que antes já tinha ocupado o lugar de Tite. Chamusca definiu sua troca de clube no ABC na quinta-feira. Mesmo assim ainda acompanhou o Santo André no empate em casa com o Mogi Mirim, por 1 a 1, sábado. Saiu rapidamente do Estádio Bruno José Daniel para ver na televisão a vitória do São Caetano sobre o Cruzeiro, por 1 a 0, no Mineirão. O time foi dirigido por Cândido Farias, técnico de juniores. A grande novidade no time em Belo Horizonte foi a volta do meia Marcinho, depois de quase três meses afastado devido a uma fratura sofrida na Taça Libertadores da América. Além de se recuperar da derrota em casa para a Ponte Preta, por 1 a 0, o time do ABC chegou aos 26 pontos, subindo uma posição na tabela, agora em 12º lugar. A estréia de Chamusca acontecerá contra o Internacional, quinta-feira à noite, no ABC. Para este jogo ele poderá contar com avolta do zagueiro Gustavo, que cumpriu suspensão, e talvez com Dininho, recuperado de contusão. É possível também que possa já escalar três novos reforços do elenco: os meias Danilo, ex-Figueirense, Adrianinho, do Corinthians, e Éder, do Marília.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.