São Caetano tenta evitar o abatimento

O técnico Levir Culpi, do São Caetano, não quer que a derrota em casa para o Cruzeiro, por 1 a 0, no último sábado, atrapalhe os planos do time lutar pelas primeiras posições no Campeonato Brasileiro. O tropeço, inclusive, foi justificado pela expulsão do volante Júlio César, ainda no primeiro tempo."Ficou difícil, porque o Cruzeiro é um time qualificado", afirmou Levir Culpi. O meia-atacante Edílson também tem a mesma opinião: "Acho que pelas circunstâncias nosso time não decepcionou. Nós tivemos chances de empatar, mas não deu."Com 32 pontos, o São Caetano espera iniciar uma nova fase na quarta-feira contra o Palmeiras, no Parque Antártica, na abertura do returno. Os zagueiros Gustavo e Thiago estarão de volta após cumprirem suspensão automática, o mesmo acontecendo com o volante Paulo Miranda, que pegou dois jogos de suspensão no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), por sua expulsão diante do Corinthians.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.