São Caetano tenta melhorar a pontaria

O São Caetano vive um contraste no Campeonato Brasileiro. Ao mesmo tempo que tem a melhor defesa, com apenas 21 gols sofridos, também é dono do pior ataque, com 25 gols marcados, igualando-se a Juventude e Grêmio, os dois gaúchos que lutam contra o rebaixamento para a Série B. Por isso mesmo, o técnico Tite está intensificando os treinamentos de finalização ao gol, além de ensaiar algumas jogadas em faltas e escanteios. "Esta é uma das maneiras de se aumentar o número de finalizações, mas é preciso manter a eficiência", avisou o treinador.Esta é a última semana de folga do São Caetano, que enfrenta o Fortaleza, domingo, no ABC. Depois, o time fará dois jogos fora de casa, contra o Flamengo, no Maracanã, e o Grêmio, no estádio Olímpico. A equipe está em 8º lugar no Brasileiro, com 38 pontos.Com relação ao time titular, o único desfalque é Fábio Santos. O volante esperava se recuperar de entorse no tornozelo sofrida na vitória de 1 a 0 sobre o Criciúma, há duas rodadas, mas não contava com a punição de três jogos imposta pelo STJD por causa de sua expulsão na derrota para o Guarani, por 2 a 0, dia 13 de julho. Como já cumpriu a suspensão automática, ele fica de fora dos jogos contra Fortaleza e Flamengo. Apesar do desfalque, o atual titular da posição é Marcelo Mattos. Na defesa, Gustavo cumpriu suspensão e deve voltar no lugar de Thiago.A diretoria ainda não confirmou, mas outro reserva deve deixar o elenco. É o volante Marco Aurélio, titular na época de Mário Sérgio, que praticamente definiu sua ida para o exterior. Ele tem duas propostas: uma para a Rússia e outra para a Alemanha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.