São Caetano tenta reafirmação

Mais do que uma simples vitória, o São Caetano corre atrás da reafirmação na partida deste domingo diante do Palmeiras, no Estádio Anacleto Campanella, às 16 horas, pela quarta rodada do Campeonato Paulista. Além de testar definitivamente o sistema 4-4-2, que não era utilizado regularmente desde 2002, o técnico Zetti busca colocar o time novamente entre os líderes e, conseqüentemente, como favorito ao título da competição.O São Caetano está na oitava colocação na tabela, com seis pontos ganhos e um saldo zero. Segundo o técnico Zetti, uma vitória em um clássico como este com o Palmeiras é o jogo perfeito para atingir todas estas missões. "Aos poucos o time vem se encontrando e caminhando para recuperar o prestígio. Palmeiras e São Caetano já é um clássico paulista e vencer clássicos é sempre bom para quem está precisando de afirmação", explicou o técnico.A última vez em que o São Caetano jogou no esquema 4-4-2 aconteceu em 2002, com o técnico Jair Picerni. Depois disso, muitos treinadores passaram pelo clube, mas o esquema 3-5-2 foi mantido e em 2002 e 2003 o time teve a melhor defesa do Campeonato Brasileiro. No entanto, com este esquema, o time acabou goleado pelo Paulista por 4 a 1, na segunda rodada, o que levou Zetti a promover a mudança.A única dúvida do técnico para o confronto é de ordem médica. O zagueiro Neto sofreu uma pancada no nariz na partida contra o Marília e ficou constatada uma fratura no local. Se jogar, Neto terá que usar uma máscara protetora no rosto. Se for vetado, Gustavo entra em seu lugar.Já a novidade confirmada será presença do atacante Luís Cláudio no banco de reservas. O ataque titular deve continuar sendo formado por Anaílson e Jales. Nas últimas duas semanas, o Azulão perdeu dois atacantes: Adhemar para o futebol japonês e Fernando Baiano para o Málaga, da Espanha.Se a chuva não atrapalhar, o jogo deve reunir um bom público. No domingo, eles serão vendidos apenas nas bilheterias do estádio, a partir das 10 horas. Os torcedores devem ficar atentos as entradas específicas ao estádio. A torcida do Azulão deverá usar o portão principal e também pela piscina, que dá acesso ao setor 2 ao 6. O torcedor palmeirense tem a entrada do portão 7 reservada para o acesso ao estádio que leva do setor 3 ao 7.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.