São Caetano vence a Ponte: 1 a 0

Bem ao seu estilo, no sufoco e por 1 a 0, o São Caetano venceu a Ponte Preta, neste sábado à tarde, no estádio Anacleto Campanella, no ABC, pelo Campeonato Brasileiro. A vitória garantiu ao Azulão a manutenção da oitava posição , mas agora com 51 pontos, e firme na sua luta por uma vaga na Taça Libertadores de 2004. O time campineiro, com 39 pontos, continua ainda bem perto da zona de rebaixamento.Além da tradicional falta do torcedor, desta vez também faltou futebol no estádio Anacleto Campanella. O jogo foi muito fraco tecnicamente. Mas o São Caetano tinha mais opções, além de ter a vantagem de atuar em seu campo. A sólida marcação de seus três zagueiros abriu espaços para os avanços dos alas Fábio Santos e Zé Carlos. Outra vantagem é que seu meio campo tocava a bola com rapidez para tentar envolver a defesa adversária. A Ponte só tentava o gol nos contra-ataques.As chances de gols foram poucas. Warley teve uma aos 15 minutos, que Lauro defendeu. O goleiro Silvio Luiz, do Azulão, fez duas boas defesas, aos 24 e aos 38 minutos, em chutes de Fabrício Carvalho e Jean. Mas quem abriu o placar foi o São Caetano, aos 4 1 minutos, com Marcinho. Ele pegou o rebote do goleiro, após falta cobrada por Adhemar e que desviou na cabeça do zagueiro Rodrigo. Este foi o 11º gol de Marcinho, artilheiro do time no Brasileiro.O calor contribuiu também para que o segundo tempo fosse muito morno. Os dois times se acomodaram, apenas esperando um erro do adversário. A Ponte Preta se mostrou incapaz de reagir mesmo com as modificações promovidas pelo técnico Abel Braga.Aos 18 minutos, o frágil Carlos Alexandre foi expulso ao cometer falta sobre Elivélton. Nem esta vantagem numérica foi aproveitada pelo São Caetano, que trocou seus alas, com as entradas de Marlon e Elivélton, e depois se fechou com a saída do atacante Adhemar par a a entrada do zagueiro Thiago.Com Gigena em campo, a Ponte ainda buscou o empate na base dos "chuveirinhos" para a grande área. Num destes, quase saiu o gol, com Fabrício Carvalho cabeceando a bola no travessão. O São Caetano ainda teve duas boas chances, com Warley e Marlon, que exi giram duas boas defesas de Lauro.O São Caetano, agora, enfrenta o Corinthians, quinta-feira, dia 9, no Pacaembu. A Ponte, quarta-feira, recebe em Campinas, o Atlético-PR.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.