Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

São Caetano: Vitória heróica em Araras

Nas estréias dos técnicos Luiz Carlos Ferreira, do União São João, e de Estevam Soares, do São Caetano, os amantes do futebol não tiveram o que reclamar. Os dois times realizaram um jogo eletrizante, que terminou com a vitória do time do ABC por 5 a 4, neste sábado á tarde, no Estádio Hermínio Ometto, em Araras (SP), pela 13.ª rodada do Campeonato Paulista. O time do ABC esteve atrás do placar por quatro vezes, mas nos minutos finais, o volante Raulen marcou o gol da vitória. Com o resultado positivo, o São Caetano subiu da sétima para a quinta posição com 22 pontos, enquanto o União, que perdeu seu terceiro jogo seguido, permanece 15.ª colocação com apenas 13 pontos ganhos. Pelo momento ruim que as duas equipes atravessam, a partida começou truncada e com poucos lances de emoção. No entanto, com jogadores mais hábeis, o São Caetano era mais perigoso. Só que quem saiu na frente foi o União São João. O meia Juliano fez boa jogada pela esquerda e lançou o veterano Paulinho Kobaiashi, que chutou de primeira e fez um golaço. O gol abalou o time visitante, que demorou a se recompor. Aos 26 minutos o meia Michel foi derrubado por Zé Luís dentro da área: pênalti. O atacante Borges bateu e marcou o segundo para os donos da casa, um minuto depois. Apesar da boa vantagem conseguida nos primeiros 30 minutos do primeiro tempo, o União continuou impondo um ritmo forte sobre o adversário. Mas o São Caetano aos poucos foi se recuperando. Aos 36 minutos, numa bola alçada na área, o goleiro Gílson falhou e o zagueiro Thiago marcou o primeiro para o São Caetano. O time do ABC se animou e chegou ao empate aos 47 minutos. O meia Marcinho fez boa jogada e passou para o lateral Triguinho, que chutou forte, a bola desviou no zagueiro Copertino e enganou o goleiro Gilson. O São Caetano voltou do intervalo com duas alterações: saíram Zé Luís e Fábio Pinto, entrando Raulen e Edu Salles, respectivamente. A troca surtiu efeito, pois o time passou a pressionar o adversário desde os primeiros minutos. Mas quem marcou, de novo, foi o União, aos nove minutos. Diguinho fez grande jogada na entrada da área e serviu o atacante Borges que chutou forte. Nem deu tempo para comemorar, porque saiu novo empate no minuto seguinte. Edu Salles foi derrubado dentro de área por Copertino: pênalti. Marcinho bateu e converteu para o time do ABC. O União voltou a atacar e o quarto gol não demorou a sair. Aos 16 minutos o meia Juliano cobrou falta com perfeição e Diguinho aproveitou, emendando um sem pulo para o gol de Sílvio Luís: 4 a 3 União São João. O São Caetano não se entregou e chegou ao empate aos 25 minutos. O volante Pingo fez grande jogada pela direita e cruzou para Paulo Miranda empatar a partida novamente. Depois do empate, o São Caetano se mandou ao ataque e aos 44 minutos o volante Raulen chutou de fora da área, a bola bateu na trave e entrou para o gol, decretando a vitória heróica do São Caetano. O União São João volta a jogar na próxima quarta-feira contra o Ituano, em casa. Já o São Caetano vai à capital paulista encarar o Corinthians, no Pacaembu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.