Rubens Chiri/saopaulofc.net
Rubens Chiri/saopaulofc.net

São-paulinos valorizam empate diante do 'melhor time do Brasil'

Petros ficou satisfeito com o ponto somado contra o Grêmio

Gonçalo Junior, Estadão Conteúdo

24 de julho de 2017 | 22h22

O empate por 1 a 1 do São Paulo com o Grêmio, nesta segunda-feira, no estádio do Morumbi, na capital paulista, tem de ser comemorado. Essa é a opinião do volante Petros, mesmo que o resultado mantenha a equipe na zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro pela sexta rodada seguida.

"Para mim, nós jogamos contra a melhor a equipe, aquela que melhor joga, o melhor time do Brasil. Seria muito difícil conseguir a virada, mas mostramos que, se não tiver sacrifício, não vamos conseguir. O time está de parabéns pela luta e pela entrega", disse o volante. "A gente tem de sair logo (da zona de rebaixamento), mas vamos aos poucos", completou. O atacante Gilberto, um dos responsáveis pela recuperação da equipe no segundo tempo, lamentou o último lance, em que afirmou ter sofrido pênalti. "Eu tinha de ter chapado logo de primeira, fui dominar, senti a porrada e não consegui me sustentar. Valeu pela luta. Todos estão de parabéns pelo ponto", afirmou.

Na próxima rodada, a 17.ª da competição, o time enfrenta o Botafogo, neste sábado, no estádio do Engenhão, no Rio. Em seguida, terá Coritiba (em casa) e Bahia (fora) para fechar o primeiro turno. "A gente vai com esse empenho para conseguir a vitória nos próximos jogos", disse Gilberto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.