Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

São Paulo acerta com Wesley e agora espera Palmeiras desistir

Tricolor dá transferência como certa, mas teme 'loucura' do rival para não perder o volante para o time do Morumbi

Fernando Faro, O Estado de S. Paulo

23 de setembro de 2014 | 07h00

Ou Paulo Nobre abre o bolso, ou perderá mais um jogador para o São Paulo. Depois de Alan Kardec, Wesley é mais um que deve trocar o Palmeiras pelo Morumbi. O Tricolor costurou um acordo com o jogador e só uma contraproposta alta do rival pode impedir a transação, dada como praticamente certa pelo Tricolor.

Wesley tem vínculo com o Alviverde até 27 de fevereiro do ano que vem, mas já pode assinar um pré-contrato com outro clube. O interesse do São Paulo vem desde o meio do ano passado e o clube tem monitorado a situação, ciente de que o rival tem enfrentado dificuldades na hora de renovar os vínculos com seus jogadores.

A aposta é que o desejo do jogador se transferir falará mais alto. Wesley tem enfrentado resistência da torcida no Palmeiras e chegou até a ser hostilizado por torcedores por causa da péssima fase da equipe. Ele também tem o perfil versátil que Muricy Ramalho gosta e pode atuar em várias funções.

A exemplo do que fez com Alan Kardec, o Tricolor trabalhou intensamente nos bastidores para convencer o jogador a trocar de lado. Em termos salariais, a pedida não é muito diferente do que foi oferecido pelo rival: salário na casa dos R$350 mil mensais. O diferencial é que, no Morumbi, ele teria um ambiente mais tranquilo para trabalhar e jogar.

A negociação vem sendo negada por todas as partes porque existe uma chance de naufrágio: o Alviverde aumentar substancialmente os valores e seduzi-lo a continuar no clube. No entanto, a confiança no clube é enorme e pode representar o segundo chapéu consecutivo de Carlos Miguel Aidar em Paulo Nobre, com quem tem relações turbulentas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.