Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

São Paulo acerta detalhes para despedida de Rogério Ceni

Festa será no dia 11 de dezembro e poderá contar com Lugano

Paulo Favero, O Estado de S. Paulo

13 de novembro de 2015 | 07h00

O São Paulo está fazendo os últimos preparativos para a despedida de Rogério Ceni, que vai se aposentar ao final da temporada. A festa será no dia 11 de dezembro, no Morumbi, e colocará frente a frente duas grandes gerações: de um lado, o time que venceu os mundiais de 1992 e1993, e do outro a equipe campeã do mundo em 2005.

Os problemas políticos no São Paulo atrapalharam a organização do evento, porque houve mudança de diretoria no meio do processo. Com a demora, as torcidas uniformizadas passaram a reclamar que o maior ídolo do clube não estava recebendo o tratamento merecido.

O clube ainda não anunciou oficialmente os detalhes d a festa, mas é possível que ídolos como Diego Lugano, que atua no Cerro Porteño e que pode reforçar o time na próxima temporada, estejam em ação. Paulo Autuori, cotado para treinar o time no ano que vem e comandante no Mundial de 2005, também pode participar.

Doriva, campeão do mundo na década de 90 como jogador, ainda não recebeu convite, mas elogia Rogério Ceni. “Ele é um profissional admirável, um líder. Faz bem para o clube, e o São Paulo vai sentir falta dessa postura.”

Rogério Ceni está machucado e deve voltar a treinar no campo só na segunda-feira. Ele sofreu um rompimento no ligamento do tornozelo direito e não atuou nas duas últimas partidas. A expectativa é de que ele possa voltar ao time diante do Atlético-MG, dia 19, mas só os testes no gramado mostrarão se ele terá condições de voltar à equipe na reta final do Brasileirão.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolSão Paulo FCRogério Ceni

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.