São Paulo acerta por um ano e meio com Michel Bastos

Jogador, que estava emprestado para a Roma, já está no Brasil e deve assinar contrato com a equipe paulista nas próximas horas

Fernando Faro, O Estado de S. Paulo

13 de agosto de 2014 | 09h10

O São Paulo não desperdiçou o último dia da janela e fechou contrato com Michel Bastos, com passagens pela seleção e clubes como Lyon, Lille e Schalke 04. O vínculo será de 18 meses e será assinado nas próximas horas, após uma última reunião entre as partes. A contratação é um movimento do vice de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, do gerente executivo Gustavo Vieira de Oliveira e do presidente Carlos Miguel Aidar.

Na última terça, Ataíde confirmou ao Estado que o clube estava prestes a fechar com um jogador "polivalente, que já defendeu a seleção e que quer voltar para lá". O acordo foi fechado e o empresário do atleta, Emmanuel de Kerchove, embarcou para o Brasil, onde chegou na manhã desta quarta-feira.

"O Michel ficou seis meses emprestado à Roma e depois deveria voltar para o Al Ain, mas não foi o desejo dele, e após dez anos na Europa com uma carreira de sucesso, nós achamos que uma volta ao Brasil ia cair bem como projeto de vida. Conversamos com alguns clubes e o São Paulo foi quem apresentou um projeto mais firme", disse o empresário.

Lateral-esquerdo de origem, Michel Bastos pode jogar como volante ou até mesmo ponta esquerda, função em que se destacou na França. Titular da Copa de 2010 na lateral, ele acredita que voltar ao País possa ajudá-lo a entrar no radar de Dunga mais uma vez.

Um dos maiores incentivadores da negociação foi Kaká, companheiro de seleção no mundial da África do Sul e emprestado ao São Paulo pelo Orlando City até o fim do ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.