Rubens Chiri/Divulgação
Rubens Chiri/Divulgação

São Paulo admite acerto com Wesley enquanto ele estava no Palmeiras

Clube assume ter fechado com volante antes do fim do contrato dele

O Estado de S. Paulo

02 Março 2015 | 18h57

O São Paulo admitiu nesta segunda-feira que acertou com o volante Wesley antes do contrato dele terminar com o Palmeiras. O jogador foi confirmado neste domingo e será apresentado nesta terça-feira, embora o vice-presidente do futebol do Tricolor, Ataíde Gil Guerreiro, tenha revelado que firmou um acordo com o atleta antes do fim do vínculo dele com o Alviverde.

"Na verdade, nós respeitamos o Palmeiras. Não queríamos atrapalhar o clube no momento da reeleição do Paulo Nobre, combinamos com os representantes do atleta que só conversaríamos quando terminasse o contrato. Foi feito um acordo verbal, que se sacramentou agora", disse o dirigente em entrevista à Rádio Globo.

Nos últimos meses o São Paulo negou a negociação com o jogador. Wesley treinava no Palmeiras separado do restante do elenco e um dia após o contrato dele terminar (no último sábado), o São Paulo o anunciou como reforço. Nesta segunda-feira o jogador já visitou o Centro de Treinamento, enquanto o restante do time estava de folga.


Ataíde também contou que ainda não está fechada a saída do volante Maicon para o Grêmio. O jogador pediu para ser transferido para ter mais chances de atuar como titular e o desfecho depende da definição de uma contrapartida a ser oferecida pelo clube gaúcho. "Até agora não fechei a saída dele, porque não vamos liberá-lo sem uma compensação financeira", comentou. Além da compensação financeira, o clube gaúcho também pode oferecer ao São Paulo a opção de contratar dois garotos da base.

Mais conteúdo sobre:
futebol São Paulo FC Wesley

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.