São Paulo agora confirma interesse em Robinho

Assim que o Manchester City revelou nesta terça-feira o interesse são-paulino na contratação do atacante Robinho, o superintendente do São Paulo, Marco Aurélio Cunha, desmentiu a informação. Mas, pouco tempo depois, outro dirigente do clube, o vice-presidente de futebol Carlos Augusto de Barros e Silva, acabou confirmando a negociação.

AE, Agencia Estado

26 de janeiro de 2010 | 13h54

"Fomos procurados por empresários dizendo que o técnico Roberto Mancini gostaria que o Robinho jogasse no São Paulo pelo fato de ter maior projeção internacional e disputar a Libertadores. A partir disso, o São Paulo se interessou", contou Carlos Augusto de Barros e Silva, desmentindo seu próprio colega de diretoria.

Com isso, o São Paulo entra no negócio e tenta tirar Robinho do Santos, que já dava a contratação como certa. A diretoria santista, por outro lado, continua procurando parceiros para viabilizar o pagamento dos salários do jogador, que seriam de R$ 1 milhão mensais enquanto ele ficasse no futebol brasileiro - até agosto.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão PauloRobinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.