São Paulo ainda tenta contratar Muricy

O ?conclave? tricolor volta a se reunir à partir de sábado para buscar o substituto de Emerson Leão - a delegação desembarca apenas nesta sexta-feira à noite, em Cumbica. Com o grupo, o presidente Marcelo Portugal Gouvêa e o diretor de Futebol Juvenal Juvêncio, homens que definirão o substituto de Emerson Leão. Querem fazer o anúncio até a segunda-feira.Com a possível recusa de Muricy Ramalho - não quer forçar o rompimento de contrato com o Internacional e o São Paulo não admite pagar a multa rescisória de R$ 1 milhão (no Sul, dizem que o técnico se desvincularia por R$ 500 mil) -, surpresas podem surgir. Levir Culpi, do Cruzeiro, e Péricles Chamusca, do Goiás, são bem vistos por conselheiros, mas dificilmente deixarão seus clubes neste momento. Assim, os nomes de Dario Pereyra e Paulo César Carpeggiani começam a ganhar força nos corredores do Morumbi.Juvenal Juvêncio já adiantou não que irá trazer "treinador de mídia." Faz, na verdade, jogo de cena, pois ao dizer que o plano é contratar alguém de boa técnica, dificilmente fará apostas. O dirigente não abre mão do estilo disciplinador, marca de Leão no clube.Até agora, não foram feitos contatos. Neste sábado, devem conversar com Muricy, a quem farão proposta de R$ 140 mil mensais de salários. A oferta pode alcançar R$ 180 mil. No Sul, o técnico campeão gaúcho ganha R$ 120 mil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.