São Paulo FC/Site Oficial
São Paulo FC/Site Oficial

São Paulo anuncia contratação do lateral Bruno Peres até o fim de 2019

Com passagem pelo Santos, jogador estava defendo a Roma

Estadão Conteúdo

06 Julho 2018 | 04h30

O São Paulo anunciou na noite desta quinta-feira a contratação de mais um reforço nesta paralisação do calendário brasileiro para a disputa da Copa do Mundo. O clube paulista acertou com o lateral-direito Bruno Peres, que teve passagem pelo Santos e estava defendendo a Roma.

+ Para Arboleda, disputa para ser titular da defesa do São Paulo está aberta

+ Conmebol antecipa uso do VAR para as quartas da Libertadores e da Sul-Americana

O anúncio foi feito através de um vídeo protagonizado pelo principal destaque do São Paulo nos últimos tempos, o meia Nenê. Em gravação divulgada pelo clube nas redes sociais, o jogador diz ter "uma fonte" que o informou de uma contratação. Depois do treino, crava: "Bruno Peres é nosso!".

O São Paulo não divulgou os valores envolvidos na transação, mas informou que Bruno Peres assinou contrato de empréstimo por uma temporada e meia, até o fim de 2019. Se quiser ficar com o jogador em definitivo ao fim do período, o clube já tem quantia estipulada para a compra, que também não foi revelada.

Bruno Peres foi revelado pelo Audax e passou pelo Bragantino antes de ganhar destaque no Guarani, em 2012, quando foi vice-campeão paulista, após perder decisão para o Santos. Na ocasião, chamou a atenção do clube alvinegro, para onde foi após a competição. Dois anos mais tarde, acertou com o Torino, e por lá ficou até 2016, antes de ir para a Roma.

No São Paulo, o jogador brigará por posição com Militão, que vem sendo improvisado na lateral, Bruno e Régis, afastado por problemas pessoais. Trata-se do segundo reforço trazido pelo clube nesta pausa, seguindo o exemplo do atacante Joao Rojas, vindo do Talleres.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.