Rubens Chiri/São Paulo FC
Rubens Chiri/São Paulo FC

São Paulo aposta em Benítez para vencer a primeira no Brasileirão

Tricolor tenta se recuperação no campeonato após sequência negativa de resultados nas primeiras rodadas

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

23 de junho de 2021 | 05h00

A campanha ruim do São Paulo no Brasileirão, com dois empates e três derrotas, está relacionada, entre outros fatores, aos desfalques. O meia Matías Benítez, uma das ausências mais sentidas pelo técnico Hernán Crespo, volta a ser titular nesta quarta-feira, diante do Cuiabá, às 19h, no Morumbi. O argentino concentra a maior parte das esperanças da primeira vitória do time no torneio.

Desde o final do Campeonato Paulista, Benítez se encaixou no esquema de Crespo com o toque de criatividade e lucidez no meio. Isso ficou claro no segundo tempo da derrota para o Santos, na Vila Belmiro, quando voltou após recuperação de uma lesão muscular. A ausência do camisa 8 acentuou os problemas ofensivos. O ataque marcou um gol nos cinco jogos e se tornou o pior da competição, ao lado do América-MG. Dos 15 pontos disputados, o São Paulo conquistou apenas dois.

“Com esforço, voltaremos a ganhar e tudo vai voltar como antes. Precisamos ter paciência e tempo. O que fizeram no passado tem um preço. Temos de atravessar a tormenta e acreditar no nosso trabalho”, afirmou o treinador após a derrota para o Santos.

O São Paulo terá de resgatar seu poder ofensivo sem Luciano, que sofreu um estiramento na coxa esquerda e pode desfalcar a equipe por até três semanas. Isso abre uma disputa no ataque. Eder parece ser titular neste momento. A dúvida está no segundo atacante: Pablo, Rigoni ou Rojas, escalado na Vila Belmiro quando Luciano se lesionou.

Obviamente, o retorno do meia não é a cura de todos os males de Crespo. A equipe se tornou menos vibrante e praticamente não sufoca mais o adversário na saída de bola como fazia no Paulistão. Ficou menos competitivo. A diferença de “apetite” nos jogos diante de Atlético-GO e Santos foi gritante.

Além disso, existem vários problemas defensivos, novamente por desfalque. Arboleda (na seleção equatoriana) e Miranda (lesionado) continuam fora. O treinador não conseguiu encontrar um substituto para o volante Luan, que continua com uma lesão muscular. Sem eles, a zaga fica exposta - já foram seis gols sofridos no torneio. A dupla de laterais (Reinaldo e Igor Vinícius) recebeu o terceiro cartão amarelo e está fora do jogo no Morumbi.

Com apenas três jogos disputados até agora (a Arena Pantanal está sendo utilizada pela Copa América), o Cuiabá também ainda não venceu no torneio. Um dos líderes do elenco, o goleiro Walter assume que o Cuiabá precisa somar pontos no Morumbi.

“Jogo difícil, eles estão pressionados. Eles estão com os jogos feitos, nós temos dois a menos. Temos que somar pontos. Vamos em busca da vitória em todos os jogos, mas o empate não é ruim. É jogar seguro, saber o que fazer dentro de campo para sair com um grande resultado”, afirmou o ex-corintiano.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO X CUIABÁ

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Diego Costa, Bruno Alves e Léo; Orejuela, Liziero (Rodrigo Nestor), Gabriel Sara, Benítez e Welington; Eder e Rigoni.

CUIABÁ: Walter; João Lucas, Marllon, Paulão e Uendel (Lucas Hernandez); Auremir, Rafael Gava (Uillian Correia) e Pepê; Clayson, Jonathan Cafú e Elton (Rafael Papagaio).

ÁRBITRO - Ricardo Marques Ribeiro (MG)

DIA - Quarta-feira (23/6)

HORÁRIO -  19h

LOCAL - Morumbi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.