Rubens Chiri/Divulgação
Rubens Chiri/Divulgação

São Paulo aposta em gol como visitante para passar pelo Cruzeiro

Tricolor defende vantagem de 1 a 0 para avançar na Libertadores

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

13 de maio de 2015 | 07h00

Nesta edição da Copa Libertadores o São Paulo já venceu a desconfiança, derrotou um favorito e nesta quarta-feira pode superar o grande algoz do ano passado. O time encara o Cruzeiro, às 19h30, no Mineirão, e precisa de um empate para ir às quartas de final e superar a sua última campanha no torneio, em 2013.

A vitória por 1 a 0 na partida de ida, no Morumbi, veio com atuação convincente da equipe, que agora vai reforçada pela volta do meia Michel Bastos, recuperado da dengue. O jogador deve entrar na vaga de Centurión e pode dar ao time mais força nas chegadas pela direita.

No entanto, a postura deve ser cautelosa, típica de quem vai aguardar um deslize para poder marcar como visitante. "A vantagem atual é pequena, mas um gol fora de casa nos daria uma chance maior de classificação", disse o goleiro Rogério Ceni ao chegar à capital mineira.


O técnico Milton Cruz deve manter o esquema com três volantes para dar mais firmeza à marcação, além de aumentar as opções para iniciar as jogadas de contra-ataque. O último treino da equipe foi ontem no Mineirão. A atividade não teve a presença dos jornalistas e por 45 minutos o time trabalhou a parte tática e treinou cobranças de pênaltis.

Ao contrário do Cruzeiro, que vem de tropeços, o São Paulo joga otimista pela sequência de três vitórias. O cenário é bem diferente do vivido na metade da fase de grupos, quando o então técnico Muricy Ramalho deixou o cargo e o time vivia situação complicada antes de enfrentar o Danubio e o Corinthians. Era preciso vencer fora de casa, onde o clube vinha de oito derrotas seguidas, e ainda bater o rival dentro do Morumbi depois de oito anos. 

Como as duas missões foram cumpridas, agora é a vez de tentar eliminar o Cruzeiro, adversário para quem perdeu a corrida do título brasileiro no ano passado. Avançar será importante para o São Paulo manter o bom ambiente e diminuir a ansiedade pela possível contratação de um novo técnico.

CRUZEIRO

Marcelo Oliveira, técnico do Cruzeiro, também escondeu o time na véspera do jogo, mas deve repetir os titulares do jogo no Morumbi. A esperança é que o atacante Leandro Damião esteja totalmente recuperado de lesão no tornozelo esquerdo.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO X SÃO PAULO

CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Manoel, Léo e Mena; Henrique, Willians, De Arrascaeta e Marquinhos; Willian e Leandro Damião. Técnico: Marcelo Oliveira.

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Bruno, Rafael Toloi, Dória e Reinaldo; Denilson, Souza, Wesley, Ganso e Michel Bastos; Alexandre Pato. Técnico: Milton Cruz.

Juiz: Andres Cunha (URU)

Local: Mineirão

Horário: 19h30

Transmissão: Fox Sports 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.