São Paulo aposta no apoio da torcida

O São Paulo confia na tradição e no apoio da torcida para derrotar o River Plate, nesta quarta-feira, às 21h45, no Morumbi, no primeiro confronto pela semifinal da Copa Libertadores da América."Será um confronto extremamente equilibrado, o River tem jogadores de qualidade, que lutarão muito pelo resultado", afirmou o técnico Paulo Autuori. "Precisamos ser competitivos, como costumamos fazer na Libertadores, e impôr nosso jogo do começo ao fim."E a torcida promete ajudar o São Paulo a construir boa vantagem para o jogo de volta em Buenos Aires, no dia 29 de junho. Até a noite desta terça-feira, 52.992 ingressos já tinham sido vendidos e os 7.708 restantes devem se esgotar rapidamente nesta quarta."Não vi nenhum jogo da Libertadores no qual a torcida nos vaiou. Só tivemos apoio", lembrou o goleiro Rogério Ceni, que é o capitão são-paulino.Preocupado com a força ofensiva do River Plate, Paulo Autuori volta a adotar o esquema com três zagueiros (Alex, Fabão e Lugano) e reforça a marcação do meio-campo, com a entrada do volante Renan. Mineiro jogará na lateral-direita, no lugar de Michel, ainda fora de forma - o titular Cicinho está na seleção."Precisamos ter atenção com o Gallardo e o Gonzalez, que têm uma saída para o ataque muito forte", explicou Autuori. "Se marcarmos bem no meio-campo, o Salas e o Farías ficarão isolados na frente e teremos mais facilidade para desenvolver nosso jogo."Para o treinador do São Paulo, Amoroso e Luizão, confirmados no ataque titular, terão papel fundamental no confronto. "Confio muito na capacidade individual deles", disse Autuori.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.