São Paulo apressa a busca por reforços

Satisfeitos com a vitória, mas preocupados com o fraco desempenho do time. Esse era o retrato dos dirigentes do São Paulo, nesta quinta-feira, dia seguinte ao triunfo sobre o Cobreloa por 2 a 1, pela Copa Libertadores da América. O que significa isso? Que a diretoria vê urgência na contratação de pelo menos dois reforços e pretende aproveitar as duas semanas de folga da equipe para concretizá-la.O sinal de alerta já havia sido aceso após a eliminação do Campeonato Paulista, no domingo, com a derrota por 2 a 0 para o São Caetano. E o confronto com os chilenos serviu para aumentar ainda mais a desconfiança do presidente Marcelo Portugal Gouvêa, que disse ter sofrido bastante durante o jogo. "Precisamos de um reforço para o meio-de-campo", comentou. Mas onde encontrá-lo? "Vamos ter de buscar em algum lugar."O desempenho dos meio-campistas vem irritando bastante a cúpula tricolor. Na opinião dos são-paulinos, Fábio Simplício está em má fase e não mostra personalidade para se impor em situações mais difíceis e auxiliar o setor de armação quando necessário. Alexandre é considerado limitado e Souza, acreditam, não tem condição técnica para brigar por vôos mais altos. Espera-se, ainda, que Marquinhos evolua - na quarta, o jogador teve boa participação no primeiro tempo, marcando um gol e fazendo bons passes.Um nome que interessa a Cuca é o de Fabinho, volante do Corinthians. Marcelo Portugal Gouvêa, no entanto, não mostra nenhum entusiasmo para levá-lo ao Morumbi. Gostaria de ter Tcheco, que atua no futebol árabe e pretende retornar ao Brasil. Outra posição carente é o ataque, que também deverá receber um reforço. Luciano Henrique, do Atlético Sorocaba, é o mais cotado no clube.O técnico Cuca reconheceu que a equipe não jogou bem, mas elogiou a força de vontade de seus atletas. O time só voltará a campo no dia 7 de abril, contra o Alianza, no Morumbi, pela última rodada da primeira fase da Libertadores.

Agencia Estado,

25 de março de 2004 | 20h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.