São Paulo aproveita falhas do Santos e vence o clássico

Equipe tricolor faz 3 a 2 em jogo nervoso graças a gol de Carlos Alberto; times reclamam bastante de erros

Tercio David, estadao.com.br

10 de fevereiro de 2008 | 18h15

Foi um clássico nervoso. E que se refletiu nas falhas tanto do Santos, quanto do árbitro Antônio Rogério Batista do Prado. O São Paulo, por sua vez, soube superar esse nervosismo e venceu o jogo deste domingo, no Morumbi, por 3 a 2, retornando ao terceiro lugar na classificação do Campeonato Paulista, atrás apenas de Guaratinguetá e Ponte Preta. Veja também: Ouça os gols do clássico pela rádio Eldorado/ESPN Apesar da derrota no clássico, Leão aprova o Santos Muricy fica satisfeito com o São Paulo após vitória no clássico Classificação Últimos resultados / Próximos jogosCom o resultado, o Santos segue com oito pontos e corre o risco de terminar a oitava rodada na zona de rebaixamento.Na próxima rodada, o São Paulo visita o Marilia, no domingo. No mesmo dia, o Santos enfrenta o Rio Preto, também fora de casa. Mas antes, o times da Vila Belmiro estréia na Copa Libertadores. A equipe vai ao México para enfrentar o Cúcuta, na quarta-feira.DOMÍNIO E FALHASO São Paulo começou dominando e perdeu várias chances de gol logo no começo do jogo. Quem marcou, entanto, foi o Santos. Aos 15, Kleber Pereira aproveitou uma indecisão da zaga são-paulina, recebeu livre na entrada da área e bateu no canto, na saída de Rogério Ceni.No entanto, o gol do Santos pareceu apenas um pequeno contratempo e o São Paulo não demorou a empatar. Aos 18, Jorge Wagner bateu falta junto a linha de fundo, cruzando na área. A zaga santista - inclusive o goleiro Fabio Costa - ficaram apenas olhando e Fábio Santos apareceu no meio da área para desviar de coxa e fazer. Foi a primeira falha grave do jogo.Apesar de dominar, o São Paulo teve de contar com outra falha do Santos, a segunda, para chegar ao segundo gol. Logo aos três minutos do segundo tempo, Juninho bateu falta de longe, a bola quicou no gramado e enganou Fábio Costa. No lance, Fábio Santos empurrou a barreira santista, o que permitiu a passagem da bola. O árbitro, no entanto, não marcou a falta e cometeu o terceiro erro sério do jogo.    SÃO PAULO 3 Rogério Ceni; Juninho, André Dias e Miranda; Joilson (Reasco), Fábio Santos     (C. Alberto), Hernanes, Jorge Wagner e Richarlyson; Aloísio (Borges) e Adriano    . Técnico: Muricy Ramalho  SANTOS 2 Fábio Costa    ; Domingos, Adailton    , Denis (Marcinho Guerreiro) e Betão; Adriano, Rodrigo Souto, Rodrigo Tabata     e Tiago Carleto     ; Tiago Luís (Alemão    ) e Kléber Pereira. Técnico: Emerson Leão Gols: Kléber Pereira, aos 15, e Fábio Santos, aos 18 minutos do primeiro tempo. Juninho, aos 3, Rodrigo Souto, aos 11, e Carlos Alberto, aos 41 minutos do segundo tempo.Árbitro: Antônio Rogério Batista do PradoRenda: R$ 301.835,00Público: 17.595 pagantesEstádio: Morumbi, em São Paulo (SP) Mas se o Santos estava atrapalhado na zaga, no ataque ia tudo bem, pelo menos até o momento, e o time empatou o jogo novamente, apesar de pouco atacar. Aos 11, Alemão - que substituiu Tiago Luis no intervalo - fez grande jogada pela esquerda e cruzou na medida para Rodrigo Souto cabecear no canto de Rogério Ceni.Apesar de fazer dois gols, não foi só a zaga santista que falhou. Kleber Pereira perdeu três chances praticamente seguidas, cara a cara com Rogério Ceni. Foram mais três erros acrescentados na lista.No entanto, na última dessas, quem falhou feio foi o árbitro. Kleber Pereira tentou driblar Miranda dentro da área, mas o zagueiro são-paulino cortou o lance com mão quando estava caído e a bola sobrou para Rogério Ceni fazer a defesa.Enquanto o Santos reclamava, o São Paulo foi lá e definiu o jogo. Aos 41, Carlos Alberto recebeu na frente, ajeitou para a esquerda e bateu de fora da área. A bola desviou na zaga e tirou Fábio Costa da jogada. Foi o primeiro gol de Carlos Alberto com a camisa do São Paulo.Depois disto, sobrou reclamação por parte do Santos. Alemão e Fábio Costa tomaram cartões amarelos. Rodrigo Tabata, reclamou depois de sofrer uma falta e acabou expulso. O são-paulino Adriano também acabou expulso após um bate-boca com Adaílton.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FCSantos FCPaulistão A-1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.