São Paulo arma tática para parar jogo veloz do Náutico

Nesta sexta-feira, o São Paulo fez um treino específico para tentar conter as jogadas velozes do Náutico, o adversário no próximo domingo, no Morumbi, pela 36.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Ney Franco comandou uma atividade em campo reduzido, com ênfase na marcação na saída de bola adversária, inclusive com a presença dos laterais e volantes.

CIRO CAMPOS, Agência Estado

16 de novembro de 2012 | 18h45

A preocupação principal é com o atacante Kieza, artilheiro do time pernambucano no Brasileirão, com 13 gols. Além dele, o treinador contou que está preocupado com as jogadas de bola parada do meia Souza. "Estamos estudando o jogo do Náutico com o Santos, em que eles atuaram muito bem fora de casa", explicou. Na ocasião a equipe empatou em 0 a 0, na Vila Belmiro, e conseguiu anular o atacante Neymar.

Para domingo, o São Paulo já vendeu até o fim da tarde desta sexta 52 mil dos 62 mil ingressos disponíveis. A procura é grande pela estreia do meia Paulo Henrique Ganso, que deve entrar no decorrer do jogo.

A equipe vai a campo escalada com Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Wellington e Jadson; Lucas, Osvaldo e Luis Fabiano.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCNáutico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.