São Paulo arma time com Hudson e Cueva contra o América-MG

Escalação terá oito trocas em relação à semi da Libertadores

Ciro Campos, Estadão Conteúdo

08 de julho de 2016 | 13h24

O técnico argentino Edgardo Bauza indicou nesta sexta-feira que vai escalar uma formação reserva do São Paulo para o jogo deste domingo contra o América-MG, no estádio do Morumbi, na capital paulista, pelo Campeonato Brasileiro. A proximidade da segunda partida da semifinal da Copa Libertadores contra o Atlético Nacional, em Medellín, na Colômbia, na próxima quarta, levou o treinador a montar uma equipe com oito alterações em comparação ao time que perdeu por 2 a 0 para os colombianos no jogo de ida.

Foram mantidos apenas o goleiro Denis, o zagueiro Maicon e o volante Wesley. Este último terá no setor a companhia de Hudson, que não atua como titular pelo São Paulo desde 22 de maio, quando sofreu um estiramento na coxa esquerda. O jogador começou no banco de reservas e participou das derrotas para o Santos, pelo Campeonato Brasileiro, e Atlético Nacional, pela Libertadores, mas apenas agora deve ganhar chance de atuar por 90 minutos.

Maicon, suspenso da segunda partida da semifinal, será escalado na defesa ao lado de Lyanco. O meia peruano Cueva ganha oportunidade, já que não pode atuar na Libertadores por já ter defendido o Toluca, do México, na mesma competição. A provável formação titular da equipe terá: Denis; Caramelo, Maicon, Lyanco e Carlinhos; Hudson e Wesley; Luiz Araújo, Cueva e Centurión; Alan Kardec.

Edgardo Bauza vai comandar um novo treino neste sábado pela manhã antes de fechar a escalação. Logo após a partida contra o América-MG, o elenco viaja para Medellín. A equipe deve fazer dois treinamentos na cidade colombiana antes de enfrentar o Atlético Nacional, na próxima quarta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.