Rubens Chiri/saopaulofc.net
Rubens Chiri/saopaulofc.net

São Paulo atropela o Corinthians no Morumbi e fatura tri da Copa do Brasil Sub-20

Equipe tricolor perdeu o primeiro jogo por 2 a 1, mas conseguiu reverter resultado com goleada de 4 a 0 em casa

Estadão Conteúdo

02 Junho 2018 | 12h42

O São Paulo estendeu sua hegemonia na Copa do Brasil Sub-20 neste sábado. Pela terceira vez na história da competição, o clube paulista levantou o troféu e comemorou o título. Esta, porém, foi a conquista mais saborosa. Afinal, veio com uma goleada por 4 a 0 diante do maior rival, o Corinthians, no Morumbi.

+ Leia mais notícias sobre o São Paulo

+ Leia mais notícias sobre o Corinthians

+ ENTREVISTA - Transição, empréstimos e vendas: chefe da base fala sobre o 'futuro' do São Paulo

Se no profissional o São Paulo ainda busca seu primeiro título do torneio, na base, o time tricolor domina. Esta foi apenas a sétima edição da Copa do Brasil Sub-20 e o São Paulo conquistou a terceira, repetindo os feitos de 2015, contra o Atlético-PR, e 2016, contra o Bahia.

Já o Corinthians segue sem títulos do torneio. Em sua primeira final, o time alvinegro chegou a ficar próximo da conquista após vencer a partida de ida por 2 a 1 no confronto de ida, sábado passado, em sua Arena. Mas foi facilmente atropelado no Morumbi.

Empurrado pelos mais de 24 mil torcedores, que compareceram em bom número ao Morumbi, o São Paulo começou com tudo e acertou o travessão do goleiro Diego logo no primeiro minuto, em cabeçada de Gabriel Novaes. Aos seis, porém, Toró fez grande jogada pela direita, a zaga bobeou e o mesmo Gabriel Novaes recebeu no meio para abrir o placar.

O Corinthians tentou reagir e levou perigo com Du, logo na sequência. Mas foi o São Paulo que quase ampliou aos 24, em cobrança de falta de Helinho, que parou na trave.

Aos 45, saiu o segundo com uma grande ajuda corintiana. Jogador já com passagem pelo profissional, o lateral alvinegro Carlos dominou sozinho na área defensiva, com espaço, mas foi displicente e acabou desarmado por Toró. Depois, ainda tentou dividir com o atacante, mas a bola correu mansa para a rede.

O segundo gol mudou completamente o cenário para a etapa final, e logo aos 11 minutos o São Paulo chegou ao terceiro. Walce cobrou falta da intermediária com perfeição, no ângulo esquerdo de Diego, que chegou a desviar, mas não tirou do caminho do gol.

O Corinthians se perdeu com a desvantagem e viu Ronald ser expulso. Aos 20, a festa ficou completa com um golaço de Gabriel Novaes, que aproveitou saída errada de Diego e tocou por cobertura, de fora da área. Geovane ainda acertou a trave nos minutos finais, mas não faria falta. O título estava garantido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.